Azul chega à marca de 145 cidades atendidas em janeiro

|

Em 2022, o objetivo da Azul seguirá sendo o de conectar todas as regiões do Brasil com voos próprios e da subsidiária regional, a Azul Conecta. Ainda em janeiro, a companhia chegará à marca de 145 cidades atendidas regularmente, ante as 116 do período pré-pandemia. Para a empresa, isto reforça a importância do Brasil e dos brasileiros nas operações da Azul.

PANROTAS / Emerson Souza
Marcelo Bento Ribeiro, da Azul
Marcelo Bento Ribeiro, da Azul
"Temos aeronaves de nove a 298 assentos, uma malha que só a gente possui no Brasil e isso nos coloca em evidência em relação a qualquer concorrente quando o assunto é conectividade, abrangência e capilaridade. Neste sentido, prevemos atender destinos inéditos em nossa malha e ampliar a conectividade nas cidades em que já estamos presentes, seja com novas rotas ou com aumento de frequências”, afirmou Marcelo Bento Ribeiro, diretor de Relações Institucionais e Alianças da Azul.

Entre os novos destinos já anunciados pela Azul e com vendas abertas estão os aeroportos paranaenses de Cianorte, Telêmaco Borba, Arapongas, Campo Mourão, Apucarana, Guaíra, Francisco Beltrão, Cornélio Procópio, Umuarama e União da Vitória, que contarão com voos diretos e regulares para a capital, Curitiba, a partir de 24 de janeiro. Já Paranavaí terá operações semanais a partir de 22 de março de 2022.

Fora do Paraná, Ponta Porã (MS) e Correia Pinto (SC) contarão com início dos voos no fim deste mês e 1º de fevereiro, respectivamente. Outra novidade futura da Azul é o início das vendas de passagens para uma rota inédita em Rondônia: Porto Velho-Ji Paraná. Os voos começam no dia 4 de abril e serão operados com aeronaves Cessna 208B Grand Caravan da Azul Conecta, configurados para transportar até nove clientes.

NOVAS AERONAVES
Este ano, a Azul também dará continuidade à renovação de sua frota com a chegada e à incorporação de novas aeronaves, voltando, inclusive, a receber jatos de fábrica de segunda geração da Embraer. Serão seis novos equipamentos que serão adicionados à frota da companhia nos próximos meses.

Além disso, a aérea reforça a parceria com a Disney e recebendo aeronaves temáticas. O primeiro avião da frota, inspirado em Mickey já voa pelos céus do Brasil desde 11 de novembro. Já a segunda aeronave, tematizada com a personagem Minnie, chegou em Belo Horizonte este mês para integrar a frota nacional da Azul. Nos próximos meses, chegarão mais dois novos modelos, completando os quatro aviões que vão compor “A Frota Mais Mágica do Mundo”.

A Azul também planeja promover melhorias nas aeronaves que já fazem parte da frota dando continuidade ao processo de instalação de wi-fi gratuito a bordo. Atualmente, 30 aeronaves da frota da Azul já contam com o serviço.

VIAJANTE HÍBRIDO
Marcelo Bento Ribeiro também explicou que a Azul tem um novo cliente: o viajante híbrido. "O perfil do consumidor mudou desde o início da pandemia. Apesar de um cenário otimista e animador para o mercado de viagens corporativas que vem retomando suas atividades gradativamente, notamos que as viagens de lazer se tornaram referência no setor, com pessoas viajando com suas famílias para passar longos dias em destinos do Nordeste durante o home office, por exemplo. A gente acredita que esse modelo mais flexível tende a manter sua força à medida que o cliente corporativo retome seu nível de viagens pré-pandemia", explicou.

FOCO NA EXPERIÊNCIA
Aliado a tudo isso, um dos principais focos da companhia aérea para 2022 é oferecer uma experiência completa de viagem ao seu cliente. "Uma experiência segura, de qualidade e exclusiva de acordo com o perfil de cada viajante, priorizando e entendendo a individualidade e a necessidade de cada um. Estamos imersos em diversos projetos inovadores e extremamente valiosos para continuar sendo a melhor opção para o cliente no transporte aéreo do Brasil", afirmou Ribeiro.

"Construímos uma malha única no País, com uma frota diversa capaz de chegar a destinos onde nenhuma outra empresa chega. Com aviões de diferentes modelos e tamanhos, nos tornamos a melhor empresa aérea do Brasil e a maior em número de voos e destinos atendidos. Mas manter toda essa capilaridade, com toda a complexidade que envolve essa operação, não seria possível se não tivéssemos os tripulantes e clientes que temos. Somos uma empresa de pessoas que presta serviços para outras pessoas", concluiu o executivo.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA