Copa terá mais voos e estreará em novas cidades no Brasil, diz Embratur

|


Divulgação/Copa
B737 Max 9 da Copa Airlines
B737 Max 9 da Copa Airlines

A Copa Airlines terá novos voos entre seu hub, no Panamá, e o Brasil. Os novos voos semanais previstos até dezembro deste ano são:
- 3 em Porto Alegre (salta de 4 para 7),
- 1 em Manaus (aumenta de 4 para 5),
- 2 em Belo Horizonte (5 para 7) e
- 1 em Brasília.

Além disso, serão oferecidos dois novos voos diários no Rio de Janeiro e um em Guarulhos.

Todas essas informações são da Embratur, que relata um encontro entre seu presidente, Silvio Nascimento, e o vice-presidente de vendas da Copa Airlines, Christophe Didier, durante a Fiexpo Latinoamérica. A Embratur ainda aponta que a Copa pretende implementar rotas para Recife e Salvador. A partir de 2024, Curitiba, Florianópolis, Belém e Foz do Iguaçu também deverão receber novos voos da aérea, segundo a agência.

Silvio Nascimento qualificou a reunião como bastante produtiva. “O encontro com a Copa teve resultado importante para atingirmos o objetivo de aumentarmos o fluxo de turistas em ambos os países”, afirmou Nascimento. “Aproveitamos a ocasião para debater ações de parceria para a promoção dos destinos brasileiros no Panamá e nos destinos atendidos pela Copa, em especial os Estados Unidos, mercado para o qual estamos realizando diversas ações”, completou.

Christophe Didier afirmou que objetivo do mercado panamenho é se tornar o hub (uma espécie de centro de conexão de voos) mais competitivo da América Latina e entende o Brasil como aliado estratégico para isso. “O Brasil é um dos principais mercados da Copa Airlines. Temos muito interesse em firmar parcerias com a Embratur”, afirmou o vice-presidente de vendas da Copa Airlines. Também participaram da reunião, pela Copa Airlines, o CEO, Pedro Heilbron; o vice-presidente comercial e de planejamento Dennis Cary. Representando a Embaixada do Brasil no Panamá, participou a ministra-conselheira Maria Dolores Penna.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA