Movida

Victor Fernandes   |   17/02/2023 10:46

Latam renova frota e inicia 2023 com 16 aeronaves A320neo

Em 2023, grupo deve receber mais 15 aeronaves Airbus, incluindo a chegada do seu primeiro A321neo

Divulgação
Atualmente, 10 Airbus A320neo estão alocados na operação da empresa no Brasil
Atualmente, 10 Airbus A320neo estão alocados na operação da empresa no Brasil
O Grupo Latam está avançando na renovação da sua frota e inicia 2023 com 16 aeronaves Airbus 320neo em operação. O crescimento reflete o investimento total em mais de 100 aeronaves mais eficientes e sustentáveis dos modelos A320neo, A321neo e A321 XLR até o final desta década. Somente neste ano, a companhia deve receber mais 15 aeronaves Airbus, incluindo a chegada do seu primeiro A321neo, que será operado pela Latam Brasil. Já os Airbus A321 XLR começarão a ser entregues ao grupo a partir de 2025.

As entregas das novas aeronaves para a Latam foram retomadas em junho de 2022, após os efeitos da pandemia de covid-19. Atualmente, dez Airbus A320neo estão alocados na operação da empresa no Brasil. O modelo, vale lembrar, é utilizado primordialmente pelo grupo em seus voos domésticos no Brasil, Chile, Peru, Colômbia e Equador.

Como aponta Alexandre Peronti, diretor de Manutenção da Latam Brasil, “a renovação da frota reforça o nosso compromisso para crescer com eficiência não somente no Brasil, mas em toda a América do Sul. Além de oferecer uma experiência de viagem a bordo do avião de corredor único mais cômodo do mundo, o A320neo tem motores de última geração e tecnologias de ponta para uma operação com o menor consumo de combustível e comprometida com a sustentabilidade”.

MAIS EFICIENTE E SUSTENTÁVEL

A estratégia de renovação da frota do grupo Latam está alinhada com o seu compromisso com a Sustentabilidade. Atualmente, o grupo busca compensar 50% de suas emissões domésticas até 2030 e ser uma companhia carbono neutro até 2050.

Nesse sentido, o Airbus A320neo tem motores mais eficientes, melhorias aerodinâmicas e tecnologias que proporcionam um consumo de combustível 20% menor, com redução de 50% nas emissões de óxido de nitrogênio e de 50% na poluição sonora.

Já o Airbus A321neo, por sua vez, é uma aeronave também mais sustentável e eficiente, com um consumo de combustível por assento até 22% menor do que o Airbus A320ceo. O Airbus A321 XLR, por sua vez, é a aeronave de corredor único (narrow body) com a maior autonomia de voo do mundo (7.400 quilômetros), mas com um consumo de combustível por voo até 38% menor do que uma aeronave de dois corredores (wide body).

A maior parte da frota Latam de aeronaves da família A320 também é equipada com um software que reduz em mais de 60 mil toneladas a emissão anual de C02 ao otimizar a trajetória de pouso da aeronave.

A companhia também ressalta que as aeronaves Airbus A320ceo mais antigas do grupo que chegam ao fim do seu ciclo de vida econômico são vendidas ou passam por um processo de reciclagem.

PLANO DE FROTA

Atualmente, o grupo Latam conta com uma frota de 57 aeronaves de passageiros da Boeing (modelos 767, 777 e 787) e 238 da Airbus (modelos A319, A320, A320neo e A321). Além disso, Latam Cargo Chile, Latam Cargo Colômbia e Latam Cargo Brasil contam com uma frota conjunta de 16 aeronaves cargueiras, que está sendo ampliada gradualmente até totalizar 20 aeronaves cargueiras em 2024.

Especificamente no Brasil, a frota da Latam atualmente é composta por 14 aeronaves de passageiros da Boeing (modelos 767, 777 e 787) e 120 da Airbus (modelos A319, A320, A320neo e A321).
Esta empresa apoia o Fórum PANROTAS 2023

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias