EVENTOS

Club Latam detém quase 100% das vendas corporativas da aérea


Jhonatan Soares
Igor Miranda e Aline Silva, da Latam Airlines no Brasil
Igor Miranda e Aline Silva, da Latam Airlines no Brasil
O Club Latam, programa de relacionamento da Latam Airlines Brasil com os maiores distribuidores do País, promoveu na noite de hoje um jantar especial no Jockey Club de São Paulo em comemoração aos recentes resultados da companhia, entre eles o lançamento da rota Santiago-Guarulhos-Tel Aviv. Nele, o diretor de Vendas, Marketing e E-commerce da Latam Airlines Brasil, Igor Miranda, reforçou os pilares da empresa para os membros do programa, que juntos são responsáveis por quase 100% das vendas corporativas da aérea.

“Nós estamos investindo para melhorar a experiência do nosso passageiro. Em um momento de crise, o Grupo Latam manteve os investimentos de US$ 400 milhões em retrofit de aeronaves, utilizadas em voos domésticos e/ou internacionais; lançamos quase 70 novas rotas nos últimos três anos, colocando o grupo como detentor de ¼ de toda a oferta na América do Sul; e aumentamos a competitividade do nosso programa de fidelidade”, destacou.

Durante o evento, Miranda explicou também a reformulação que o próprio Club Latam sofreu em 2018. Segundo ele, a plataforma reduziu a sua capilaridade, que antes abrangia todo o mercado, para reunir no Club Latam os principais tomadores de decisões do turismo nacional. “São 120 agências participantes, que juntas representam quase a totalidade das vendas do mercado corporativo da Latam Airlines Brasil”, explicou o executivo. No geral, o segmento corporativo é responsável por 50% da receita total da aérea.

“Hoje nós temos uma troca de conhecimento, feedbacks, como estimular ou investir no mercado muito mais valiosa. Um dos nossos lançamentos em 2018 foi o Latam Day, onde nós vamos até a agência para estimular as vendas da companhia, educar sobre o nosso produto e sanar as dúvidas de quem está vendendo a Latam. Isso é importante para nós, para a agência e para o agente de viagens”.

PRODUTO
Entre as melhorias feitas em termos de produto está a conectividade. Desde o início do ano, o Grupo Latam vem equipando suas aeronaves com wi-fi a bordo. De acordo com o diretor, cerca de 35 aviões oferecem o serviço. A estimativa é que dentro de um ano a internet a bordo seja realidade em toda a frota do Grupo Latam.

Outro foco de investimento para 2019 é o Latam Fidelidade. Segundo Miranda, esclarecer para o consumidor a proposta do programa, diante de um cenário tão competitivo, é um dos próximos objetivos da Latam. “O mercado carece de uma comunicação educativa para discernir a proposta de valor de cada programa. A nossa é imbatível: sempre aumentar o número de resgate de pontos em passagens aéreas”, pontuou.

NOVOS DESTINOS
As estreias de novas rotas não serão exclusividade de 2018. Para o próximo ano, a Latam Brasil se prepara para inaugurar suas operações em Munique. O voo, que vai ligar São Paulo a cidade alemã, será operado a partir de 25 de junho.

No mês seguinte, em 1º de julho, é a vez da Latam Airlines estrear seus voos diretos entre Lima, no Peru, e Montego Bay, na Jamaica. A rota será realizada três vezes por semana em um Airbus A320, com capacidade para 174 passageiros. A ilha será o quinto destino operado pela companhia no Caribe.

A companhia também aguarda as últimas autorizações para anunciar a rota semanal entre São Paulo e as Ilhas Malvinas.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA