Jornal volta a dizer que Neeleman planeja aérea nos EUA

|

Emerson Souza
David Neeleman, fundador da Azul Linhas Aéreas
David Neeleman, fundador da Azul Linhas Aéreas
Ontem (17), a publicação especializada Airline Weekly revelou que David Neeleman planeja abrir uma nova companhia aérea nos Estados Unidos. A informação também foi repercutida pela Bloomberg, mas ainda não foi confirmada pelo empresário, que é o fundador da Azul Linhas Aéreas.

Segundo a reportagem, o empreendedor vê com bons olhos o mercado das low cost estadunidenses e já teria encomendado 60 aeronaves CS300 da canadense Bombardier. Ainda segundo a publicação, a nova companhia aérea já teria até nome: Moxy Airways, e contaria com um investimento inicial de US$ 100 milhões para abrir suas operações em 2020.

Nesta segunda-feira, as ações da Bombardier chegaram a subir 6% na Bolsa de Valores de Toronto, no Canadá, reforçando o rumor ainda não confirmado oficialmente. Os novos jatos da Série C da empresa consomem menos combustível que a média graças aos seus motores modernos e ao uso extensivo de fibra de carbono em sua estrutura.

A Moxy Airways seria focada em operações a partir de aeroportos menores dos EUA, como os localizados em Providence (Rhode Island), Fort Worth (Texas) e Burbank (Califórnia), disse a Airline Weekly.

APENAS UM BOATO?
De acordo com a Bloomberg, as tentativas de contato com Neeleman e alguns de seus principais parceiros de negócios não foram bem sucedidas. No ano passado, outro rumor envolvendo a criação de uma nova companhia aérea, a Azura Airways, pelo empresário nascido em São Paulo foi prontamente desmentido pela própria Azul Linhas Aéreas.


*Fonte: Bloomberg

conteúdo original: https://bloom.bg/2HZyI6Q
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA