PARCERIAS

Governo estuda gratuidade de bilhetes aéreos para jovens no Brasil

Pixabay
Jovens participantes do ID Jovem podem passar a contar com gratuidade ou desconto de 50% em passagens aéreas em breve
Jovens participantes do ID Jovem podem passar a contar com gratuidade ou desconto de 50% em passagens aéreas em breve
O programa Identidade Jovem pode, em breve, incluir passagens aéreas grátis aos participantes. Isso porque o secretário Nacional da Juventude, Francisco de Assis, revelou que o governo estuda a possibilidade de estender ao transporte aéreo o direito de viagens interestaduais gratuitas ou com até 50% de desconto. A declaração foi feita durante uma audiência pública na Comissão de Turismo da Câmara.

Para Assis, a ampliação do benefício para o aéreo garantirá que os jovens também tenham acesso a concursos e vestibulares, tratamentos de saúde e lazer em outros Estados do País. "No transporte aéreo já há autorização legislativa desta Casa para que isso ocorra", afirmou.

No contexto atual, o ID Jovem beneficia os participantes abrangendo linhas convencionais em ônibus, trens e barcos. Para isso, é necessário realizar um cadastro, ter entre 15 e 29 anos de idade e renda de até dois salários mínimos. Além das viagens gratuitas, o usuário ainda tem direito à meia entrada em eventos culturais, esportivos e artísticos.

Os custos e a fiscalização desse benefício são os grandes empecilhos. De acordo com a representante do Ministério de Transportes presente, Fabiana Todesco, a preocupação fica por conta do impacto que essas gratuidades podem ter no setor aéreo.

"É um setor muito regulado, um custo altíssimo para as empresas colocarem uma aeronave no ar. Acho que a gente precisa conversar para que não tenha um impacto negativo nos demais entes da sociedade", afirmou Fabiana ao indagar sobre a possibilidade de os valores de bilhetes subirem diante da demanda de benefícios.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA