Anac anuncia licença digital para profissionais da aviação civil

|


Divulgação
A iniciativa pretende economizar gastos da União
A iniciativa pretende economizar gastos da União
A partir de hoje mais de 40 mil profissionais da aviação civil brasileira terão suas licenças adaptadas para o formato digital. A iniciativa da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) substituirá o CHT (Certificado de Habilitação Técnica) pelo CHT Digital, o mesmo será acessível através da tecnologia QR Code. Além de maior segurança dos dados, a medida dispensa a impressão de licenças, gerando economia de R$ 800 mil ao Governo Federal.

Apesar da versão digital, o modelo de CHT físico ficará disponível no sistema, caso haja interesse em imprimir. Os profissionais da aviação civil continuam remuneram o processo de validação da documentação, mas agora serão isentos para concessão da segunda via, que custava RS 43,34. Antes do processo digital, o prazo para emissão de uma nova licença ou atualização de habilitações era de 30 dias, agora elas ficarão disponíveis imediatamente no sistema, após a finalização de cada processo.

A licença para profissionais da aviação civil é obrigatória mundialmente, e o Brasil é um dos pioneiros na certificação digital. Outro ganho para a categoria é a apresentação do documento, agora o profissional tem apenas que apresentar o QR Code e um documento original com foto.

É importante ressaltar que as licenças impressas só serão aceitas até o dia 31 de dezembro deste ano, a partir do dia 1 de janeiro de 2020 os profissionais devem portar a versão digital.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA