Laura Enchioglo   |   04/07/2024 15:43
Atualizada em 04/07/2024 15:51

Machu Picchu recebe certificação de carbono neutro

Certificado tomou como base os resultados de emissões de carbono em 2019

Divulgação

O Santuário Histórico de Machu Picchu recebeu o certificado de “Destino Carbono Neutro”. A certificação foi concedida pela Green Initiative.

Foram implementados quatro processos de reaproveitamento de resíduos: instalação de uma planta compactadora de plástico PET e papelão; uma planta de biodiesel, para processar óleos usados de restaurantes e cassinos; uma usina de pirólise de resíduos orgânicos, que gera carvão natural, e duas trituradoras de vidro para transformar garrafas em areia para construção e decoração.

É importante destacar que a certificação tomou como base os resultados de emissões de carbono de 2019 e teve como foco estimular ações para redução, tratamento e gestão correta dos resíduos gerados. Também incluiu a sensibilização dos residentes, empresas e hotéis.

A certificação foi um trabalho dos setores privados e públicos, reunindo Prefeitura de Machu Picchu, Grupo AJE, Inkaterra e Tetra Pak, Promperú, World Xchange, Luz del Sur, Bosques Amazónico (BAM), Latam e Canatur.

Tópicos relacionados