Portugal diz que reconhecimento de certificado deve ser mútuo

|

Embaixada de Portugal no Brasil diz que reconhecimento de certificado de vacina contra a covid-19 deve ser mútuo
Embaixada de Portugal no Brasil diz que reconhecimento de certificado de vacina contra a covid-19 deve ser mútuo
A Embaixada de Portugal no Brasil enviou um comunicado à imprensa após as notícias do reconhecimento por parte do país português dos certificados de vacinação emitidos pelo País. Segundo o órgão, para ter efeito, é necessário, no entanto, que o documento seja reconhecido de forma mútua e recíproca.

Confira a declaração a seguir.

"Na sequência de notícias na comunicação social brasileira a respeito do reconhecimento por Portugal dos certificados de vacinação emitidos por outros países, nomeadamente pelo Brasil, a Embaixada de Portugal vem esclarecer que, à luz do Despacho n.º 9241-A/2021, de 17 de setembro, esse reconhecimento só terá efeito quando for mútuo e recíproco.

Até ambos os países reconhecerem, em condições de reciprocidade, a validade dos respetivos certificados de vacinação, as regras para viajar do Brasil para Portugal mantêm-se iguais às anunciadas no passado dia 1 de setembro, sendo apenas necessário apresentar um teste negativo PCR ou antígeno, com 72h ou 48h de antecedência, respectivamente.

Desde essa data, todos os passageiros oriundos do Brasil – sejam ou não vacinados contra a COVID-19 – passaram a poder viajar para Portugal por quaisquer razões, incluindo turismo, não sendo obrigados a fazer quarentena à chegada."


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA