New York Times lança rastreamento de mais de 165 vacinas

|

O jornal americano The New York Times criou um serviço de rastreamento das fases de testes das mais de 165 vacinas sendo desenvolvidas no mundo contra a covid-19. Dessas, 27 já estão sendo testadas em humanos, o que indica estágios mais avançados.

Uma das vacinas que estão na fase 3, com testes em humanos, é a da AstraZeneca e Universidade de Oxford, que está sendo testada com voluntários no Brasil. Se tudo correr como planejado, já em outubro haverá uma leva de vacinas emergenciais produzidas e disponíveis.

Também citada no levantamento, a Sinovac, da China, também iniciou testes no Brasil. A empresa anunciou a construção de uma fábrica para a produção de 100 milhões de doses por ano. Já a da Johnson & Johnson, que ainda está na fase 2 de testes, promete um bilhão de doses produzidas em 2021.

Também na fase 3 está uma vacina já existente, contra a tuberculose, e que está sendo testada na Austrália, pelo Murdoch Children’s Research Institute.

A maioria dos prognósticos é que uma vacinação em massa ocorra somente em 2021.

Acompanhe o serviço do jornal americano em https://www.nytimes.com/interactive/2020/science/coronavirus-vaccine-tracker.html?auth=linked-google1tap.

Divulgação
ESTADOS UNIDOS
Os Estados Unidos é o país com mais casos de covid-19 no mundo (mais de 4 milhões de um total que já passa dos 15 milhões no planeta), seguido do Brasil, Índia, Rússia, África do Sul, Peru, México, Chile e Espanha. Em número de mortes os Estados Unidos também lideram, seguido do Brasil, Reino UNido, México, Itália e França.

Em seu último prognóstico para a indústria de Viagens e Turismo nos Estados Unidos em 2020, a US Travel Association prevê queda de 30% nas viagens domésticas de lazer e de 64% para as viagens internacionais no país, com os gastos em viagens caindo 45%.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA