Viena tem agenda de eventos para a comunidade LGBT; confira

|


Marcos Martins
Thomas Bachinger, do Vienna Tourist Board
Thomas Bachinger, do Vienna Tourist Board
NOVA YORK - O destino de Viena, capital da Áustria, também aposta na diversidade de atrações para atrair mais visitantes, especialmente a comunidade LGBT. A cidade tem como principais atrativos a sua herança imperial, música, arte, culinária e misto de urbano e espaço verde, mas oferece também outras experiências.

Após sediar a Euro Pride 2019, Viena receberá os eventos Rosa Wiener Wiesn Fest (26 de setembro), que é a festa de abertura da Oktoberfest da capital, a Wien in Schwarz (31 de outubro a 3 de novembro), em que cada um se fantasia do jeito que deseja, e a Rainbow Ball (25 de janeiro), que quebra o estereótipo de que as valsas são apenas para casais héteros.

“Durante a viagem, vale a pena ficar em algum dos hotéis boutique no centro, conhecer a arquitetura e visitar os palácios como o Schonbrunn Palace, que tem área de parque e piscina pública. A nossa programação inclui até mesmo tours guiados com drag queen”, explica o gestor de Mercado do Vienna Tourist Board, Thomas Bachinger.

A programação é reforçada com a Kreativball (31 de janeiro a 1º de fevereiro) e Diversity Ball (entre abril e maio de 2020), eventos também com foco em dança de salão. Para a metade do próximo ano tem ainda o Vienna Fetish Spring (20 a 25 de maio) e o Boylesque Festival (29 e 30 de maio).

O Portal PANROTAS viaja a convite da Proud Experiences
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA