LUXO

Viagem consciente é a bola da vez no Turismo de luxo


Se antes luxo era sinônimo de ostentação, hoje a realidade é outra. A bola da vez a partir de 2020 é a "viagem consciente", norteada por aspectos como filantropia, bem-estar, conservação da natureza, esportes, atividades culturais e intelectuais. Os consumidores que movimentam as mais altas cifras do mundo vêm mudando a sua forma de pensar. As viagens agora são consideradas como meio, e não mais como um fim em si.

No mundo, existem 22,8 milhões de consumidores com mais de US$ 1 mihão em patrimônio líquido, que contribuem com 36% do gasto anual com viagens no mundo. Neste cenário, a PANROTAS voltou a Cannes, na França, para descobrir que as prioridades e necessidades do consumidor de luxo no Turismo estão mudando. Como responder a esse público exigente e consciente? É preciso criar luxo para a geração "pós-luxo"?

Na primeira edição do ano da Revista PANROTAS, você descobre para onde estão indo e como estão se comportando os viajantes mais ricos do mundo. Confira ainda as principais novidades do mercado de Turismo de luxo e a opinião de agentes, operadores e fornecedores sobre as tendências desse segmento para os próximos anos.

CONFIRA NA REVISTA PANROTAS 1.404

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA