PESQUISAS E ESTATÍSTICAS

Hotelaria carioca está 85% reservada para o réveillon

Gabriel Monteiro/Riotur
Mesmo não sendo líder nas pequisas, Copacabana continua como importante destino na cidade
Mesmo não sendo líder nas pequisas, Copacabana continua como importante destino na cidade
O SindHotéis Rio acaba de divulgar uma pesquisa com a previsão de ocupação hoteleira para o réveillon no Rio de Janeiro. A taxa média na cidade ultrapassou as expectativas com 85% das hospedagens já reservadas para este período, um aumento de 67% (nas reservas antecipadas) quando comparado a 2017.

Segundo a entidade, a região do Flamengo teve a maior demanda, com 91%, seguido por Ipanema e Leblon, com 89%. Barra da Tijuca registra 87% de quartos reservados e, pela primeira vez, o tradicional bairro de Copacabana, com 85% dos quartos vendidos até o momento, não liderou a pesquisa.

A praia da Barra atraiu muitos turistas após anunciar uma queima de fogos de 14 minutos. A ABIH-RJ irá coordenar a ação e distribuirá o show em 12 pontos da orla.

Os hotéis no interior do município fluminense também registraram bons índices, com mais de 80% de quartos vendidos para a data.

O presidente da ABIH-RJ e SindHotéis Rio, Alfredo Lopes, comemorou o quadro atual e se mostrou otimista para estas últimas semanas do ano. "Pelo comportamento do mercado, acreditamos que muitas reservas serão feitas em cima da hora. Ainda assim, a reserva para os bairros do Centro, Flamengo e Barra da Tijuca já estão bastante aquecidas”, afirmou.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA