Rep. Dominicana vê receitas e estrangeiros crescerem em 2018

|

O Ministério do Turismo da República Dominicana divulgou números relacionados à movimentação turística no país durante 2018 e os resultados foram considerados bastante positivos. De acordo com as informações, a ilha caribenha encerrará o ano tendo recebido a visita de 6,6 milhões de estrangeiros, representando um aumento de 6,7% em comparação com 2017.

Pixabay
As belas praias de Punta Cana atraem turistas de todas as partes do mundo
As belas praias de Punta Cana atraem turistas de todas as partes do mundo
Assim como mais pessoas desembarcaram no país, mais dinheiro foi movimentado. Por causa da quantidade e do peso das moedas estrangeiras, o Turismo constitui a maior fonte de renda nacional vinda do exterior. Estima-se que, até o final de 2018, as receitas obtidas pelo setor alcançarão US$ 7,5 bilhões, sendo 4,5% superiores em relação ao ano anterior.

"Mais e mais turistas estão vindo para descobrir todos os cantos do nosso país. Facilitar a entrada com menos procedimentos alfandegários, maior conectividade aérea e ações de promoção nos diversos mercados do mundo foram os três pilares fundamentais neste ano. Importantes investimentos em hotelaria também ajudaram na nossa consolidação como destino turístico mais importante do Caribe", explicou a assessora de Marketing do Ministério do Turismo da República Dominicana, Magaly Toribio.

Os dados oficiais do Banco Central da República Dominicana mostram que, entre janeiro e novembro, mais de cinco milhões de turistas estrangeiros chegaram ao país por via aérea, cerca de 300 mil a mais em comparação com o mesmo período de 2017. Por vias marítimas, foram 730 mil chegadas internacionais.

Dentre os turistas, mais da metade tem origem nos Estados Unidos, enquanto europeus e sul-americanos aparecem "tecnicamente empatados" na segunda colocação. Caribenhos, centro-americanos, asiáticos e africanos ainda não possuem porcentagens muito expressivas em relação ao total de estrangeiros.

MAIS ROTAS, MAIS ESTRANGEIROS
A abertura de novas rotas aéreas permitiu que a República Dominicana expandisse suas portas de acesso neste ano, principalmente em Punta Cana. Desde janeiro, a Latam oferece dois voos semanais para a cidade litorânea a partir de Brasília, enquanto a Aerolíneas Argentinas inaugurou uma rota a partir de Córdoba, segunda maior cidade do país, em agosto.

Em novembro foi a vez da Aeroméxico iniciar dois voos semanais entre a Cidade do México e Punta Cana, estabelecendo seu segundo destino no país. Desde 2016, a companhia aérea mexicana já voa para Santo Domingo, capital dominicana.

A entrada dos visitantes estrangeiros também foi facilitada pela inclusão da tarifa de turista no custo dos bilhetes aéreos e pela escolha do país para sediar eventos de relevância mundial, como uma etapa do PGA Tour, famoso torneio internacional de golfe, que foi realizado pela primeira vez em terras dominicanas neste ano e será novamente em 2019.

ASCENSÃO HOTELEIRA

Entre janeiro e setembro de 2018, o Conselho de Promoção Turística (Confotur) aprovou a classificação de 51 projetos turísticos com investimento aproximado de US$ 2,8 bilhões, o que proporcionará cerca de 13,5 mil novos quartos nos próximos três anos. No decorrer de 2018, aproximadamente quatro mil novos quartos foram adicionados à oferta turística e cerca de 6,3 mil foram reformados, somando-se aos mais de 77 mil existentes.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA