Movida

Beatriz Contelli   |   06/09/2023 16:40

Buscas por passagens ao Japão aumentam 135% após liberação do visto

Kayak revelou uma visão geral das cidades mais procuradas no destino japonês


Pixabay/Sofia Terzoni
Tóquio, Osaka e Nagoya estão entre as cidades mais buscadas
Tóquio, Osaka e Nagoya estão entre as cidades mais buscadas

A partir de 30 de setembro, turistas brasileiros e japoneses terão isenção de visto entre os dois países. Com o anúncio da dispensa do documento no mês passado, o Kayak revelou uma visão geral das cidades mais procuradas no Japão pelos viajantes brasileiros e os preços médios das passagens. O estudo mostra que as buscas por destinos japoneses em 2023 aumentaram significativamente em, aproximadamente, 135% em comparação ao ano anterior. Esse aumento notável reflete a crescente curiosidade e interesse dos brasileiros em descobrir o destino japonês.

A capital japonesa, Tóquio, é uma das mais populares do país asiático e conquistou o primeiro lugar no ranking das mais buscadas. A cidade demonstrou um aumento de 134,5% nas buscas em relação a 2022 e possui o menor valor de preço médio entre as cidades mais buscadas, com passagens custando R$ 6.129.

Osaka, que ocupa o segundo lugar das cidades mais buscadas, teve uma melhora ainda maior, com um aumento de 135,69% nas buscas em relação ao ano passado. Porém, com o preço médio das passagens custando R$ 7.007, a cidade teve o valor mais alto entre as cidades listadas.

Em terceiro lugar no ranking, Nagoya também teve um bom aumento no volume de buscas comparado ao ano passado: 31,54%. O preço médio das passagens para viajar à cidade custa R$ 6.722, tornando-se uma opção atraente para os viajantes que desejam mergulhar na cultura e beleza do Japão.

“Após a liberação de vistos entre o Brasil e o Japão, já podemos ver um aumento de buscas por passagens para aquele país pelos brasileiros. A perspectiva de viajar pelo Pacífico é mais empolgante do que nunca, facilitando trocas culturais para todos os tipos de viajantes, demonstrando que ações simples do Governo podem impulsionar toda a cadeia do Turismo”, comenta o country manager do Kayak no Brasil, Gustavo Vedovato.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias