Europa está mais aquecida que EUA na CVC; preço explica

|


Marluce Balbino
No primeiro dia da WTM Latin America, Heloisa Prass, Guillermo Alcorta e José Guilherme, da PANROTAS, e Fillipi Nobre, da Elo, entregam troféus de Melhores do Turismo em três categorias a Emerson Belan e Rogério Mendes, da CVC Brasil
No primeiro dia da WTM Latin America, Heloisa Prass, Guillermo Alcorta e José Guilherme, da PANROTAS, e Fillipi Nobre, da Elo, entregam troféus de Melhores do Turismo em três categorias a Emerson Belan e Rogério Mendes, da CVC Brasil
O primeiro trimestre do ano, segundo o diretor da CVC Brasil, Emerson Belan, foi muito bom, com as vendas ainda majoritariamente para viagens no Brasil (70%). De acordo com ele, o Nordeste continua sendo campeão (Porto Seguro, Porto de Galinhas, Natal, Maceió e Fortaleza, que reagiu, são destaques), mas o Sul, especialmente Florianópolis, Foz do Iguaçu e Balneário Camboriú com Beto Carrero World são destaques mais que positivos também.

Na próxima semana, Belan e seu time de produtos estarão no Rio de Janeiro, em reunião com o governador Wilson Witzel, para levar uma proposta de programa de venda do Rio em todo o Brasil. É o resultado prático da reunião que o governador teve com Luiz Fernando Fogaça (CEO) e Claiton Armelin (diretor e Produtos Nacionais) no Fórum PANROTAS 2019. A CVC fez a lição de casa e Belan acha que o Rio tem como se recuperar.

INTERNACIONAL
Nas viagens ao Exterior, Belan aponta um domínio da Europa, devido à maior oferta de voos e por conseguinte aos melhores preços dos bilhetes aéreos. “Portugal, Espanha e Itália e nossos circuitos estão muito bem. Vale lembrar que temos guias e bases da CVC em diversos destinos internacionais e isso faz a diferença”, analisa ele, ressalvando que o Caribe e os Estados Unidos já mostram sinais de reação. Para ajudar, a CVC lançou uma Seleção de Resorts e Hotéis na Flórida, Caribe, Nova York, Portugal, Itália e Brasil, com preços renegociados.

Na próxima semana será a vez de lançar a temporada de Bariloche e Chile no inverno, por enquanto com bloqueios em voos regulares. Os fretamentos ainda estão sendo negociados.

CRUZEIROS

O diretor da CVC Brasil destaca, ainda, as vendas de cruzeiros, que já representam 9% do total de produtos vendidos da empresa. E os destinos incluem o Brasil e o mundo. "A temporada 2019/2020 está com mais vendas que na mesma época no ano passado e a tendência para o verão é bem alta", adianta Emerson Belan.

Segundo ele, a CVC tem bloqueios em cruzeiros no Caribe e na Europa, especialmente em parceria com a MSC e a Pullmantur, além de ser operadora select para os cruzeiros da Disney Cruise Line. "A confiança do consumidor está fazendo com que a compra antecipada de viagens esteja em alta no geral para as próximas temporadas", finaliza.
Para ler todas as notas e ver mais fotos do evento, clique aqui.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA