Reino Unido emite alerta após sequestro na África do Sul

|

Felippe Constancio
Casal desaparecido vive em Cape Town e possui dupla cidadania, britânica e sul-africana
Casal desaparecido vive em Cape Town e possui dupla cidadania, britânica e sul-africana
O Escritório da Comunidade de Estrangeiros do Reino Unido (FCO, sigla em inglês) emitiu um alerta aos turistas após o desaparecimento de um casal na África do Sul. Informações do portal Travel Weekly apontam que o sequestro aconteceu durante as férias dos indivíduos em Kwazulu Natal e está ligado a suspeitos do grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

"Existe uma ameaça constante de sequestros na África do Sul. Podem ser motivados pela questão financeira ou criminalidade", constatou o FCO. O escritório alertou cidadãos britânicos que pretendem viajar ao destino ou que já estão no local, lembrando que o casal desaparecido possui dupla cidadania, britânica e sul-africana.

"É provável que os terroristas tentem realizar ataques [...] indiscriminados, inclusive em locais visitados por estrangeiros, como áreas de compras nas principais cidades", concluiu o FCO ao comentar os perigos no destino.

O jornal sul-africano Sunday Times, por sua vez, afirma que os suspeitos pelo crime já foram detidos pelas autoridades. Os dois, inclusive, já estavam no radar do monitoramento anti terrorista do país e foram presos justamente em Vryheld, próximo ao centro de Kwazulu Natal.


*Fonte: Travelweekly

conteúdo original: http://bit.ly/2EQzRjN
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA