EVENTOS

Nova gestão da SP Turis quer retomar diálogo com o trade

Jhonatan Soares
André Sanches e Orlando Faria, a nova
André Sanches e Orlando Faria, a nova "chapa" da SP Turis
A SP Turis quer deixar de ser somente uma gestora de equipamentos e organizadora de eventos da cidade de São Paulo. A intenção é fomentar o Turismo e atrair novos perfis de viajantes para a capital.

Para isso, a empresa municipal de Turismo anunciou a criação da secretaria municipal de Turismo de São Paulo, cargo que atuará ao lado da presidência da SP Turis. Ambos os postos estão ocupados por novos nomes: Orlando Faria, na secretaria, e André Sanches, na presidência.

Orlando Faria é secretário executivo na prefeitura de Bruno Covas e, pelo menos até o final do ano, mantém o cargo juntamente da função no Turismo de São Paulo. Para Faria, sua circulação no gabinete poderá ser uma grande arma para a viabilização de ações em prol do Turismo paulistano. “A secretaria chega para fomentar políticas, o prefeito percebeu que precisava de um órgão que pensasse o Turismo”, afirma.

O novo CEO da São Paulo Turismo, André Sanches, fala que “o trabalho integrado com a secretaria já começou” e usa a imagem de um corpo para explicar a atuação, com a secretaria executiva como a cabeça pensadora e a SP Turis com a função operacional. Com incógnitas sobre o futuro de postos nomeados pós-eleição, Sanches garante que “a ideia é manter as portas abertas com a secretaria”.

Ao trade, Orlando Faria não promete ações efetivas dado o pouco tempo até o final do ano. O secretário fala, no entanto, em ter conversas com associações. “Meu objetivo agora é escutar o trade, porque me parecia que eles queriam falar, mas não havia alguém para ouvir”, completa.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora