Câmara LGBT tem novo secretário e diretor de Cultura

|


Divulgação
André Almada e Paulo Neobeck, da Câmara LGBT
André Almada e Paulo Neobeck, da Câmara LGBT
A Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil acaba de nomear o empresário André Almada como novo diretor de Cultura e Paulo Neobeck como secretário. Criador e fundador do Grupo The Week, Almada vai levar à entidade voz ativa para a comunidade LGBTQ+ e sua expertise como empresário para a pasta da Cultura, fomentando a realização de novos negócios. O empresário, formado em administração hoteleira e pós-graduado em marketing, atuou como executivo da cadeia internacional de hotéis Hilton em São Paulo e na Venezuela, além de ter sido vice-presidente da Câmara entre 2016 e 2017.

"Meu papel ao assumir a Diretoria de Cultura da Câmara LGBT, será de fomentar e incentivar todas as formas de representação cultural, buscando sempre parcerias sólidas e comprometidas com todas as formas de arte, de amor e de pensamento, bem como provocar mudanças em seu processo de representação e experimentação em nossa sociedade. Vamos fomentar iniciativas que incrementem a geração de negócios, emprego e renda com e para a cultura da diversidade", disse André Almada.

Já Paulo Neobeck assume o cargo de secretário, nova posição da Câmara LGBT, com o objetivo de auxiliar a diretoria e ajudar nos processos da entidade. Neobeck é fotógrafo com experiência em fotojornalismo. Em sua trajetória, seu olhar traz à tona uma realidade transformada em arte, como em eventos anteriores da Câmara LGBT.

"Já participei de inúmeros eventos da Câmara LGBT, registrando momentos inesquecíveis e preciosos. Hoje, ao aceitar o convite de ser secretário da entidade, minha missão é ajudar a diretoria e fazer com que não fique pesado o trabalho dos diretores, realizando as tarefas da melhor forma possível. Além disso, crescer e aprender com todos. Acompanho a algum tempo a entidade, tenho visto o trabalho de forma coadjuvante e é uma luta diária e constante. Acredito que ainda podemos fazer muito ao longo dos anos que virão", ressaltou o secretário.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA