EVENTOS

STR avalia que Brasil foca mais em hotéis econômicos que vizinhos

Filip Calixto
Patrícia Boo, diretora da STR para as Américas do Sul e Central
Patrícia Boo, diretora da STR para as Américas do Sul e Central
Convidada para o painel "Perspectivas para o setor Hoteleiro", durante o Fórum Nacional da Hotelaria, organizado pelo Fohb em São Paulo, a diretora da STR para as Américas do Sul e Central, Patrícia Boo, detalhou o crescimento da oferta hoteleira no Brasil. Com números colhidos no último ano, a executiva avaliou que o aumento de oferta no País fica abaixo do verificado em países vizinhos, proporcionalmente. "A porcentagem de crescimento hoteleiro no Brasil é menor que o verificado em outros países da região", afirma.

Atualmente, o pipeline hoteleiro no Brasil é de 177 meios de hospedagem e mais de 25 mil quartos. Números, que segundo a executiva, proporcionalmente, ficam abaixo de mercados como Peru e Costa Rica, por exemplo, que têm territórios menores e mais investimentos.

Patrícia ressalta ainda que os investimentos feitos no Brasil ainda são muito concentrados em empreendimentos econômicos, ao passo que a evolução no continente está em todos os tipos de hotéis.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA