Atlantica Hotels anuncia compra da mineira Vert Hotéis

|


Divulgação/Atlantica
Eduardo Giestas e Erica Drummond
Eduardo Giestas e Erica Drummond
A Atlantica Hotels anunciou a aquisição de 100% da Vert Hotéis, assumindo definitivamente a gestão dos 23 hotéis da rede mineira no Brasil. O valor do negócio não foi revelado. A Atlantica passa a deter portfólio de 22 marcas, mais de 130hotéis em operação e 23 mil quartos no País.

“Esta aquisição consolida ainda mais a nossa condição de maior rede hoteleira multimarcas da América Latina, com hotéis que são referências em seus destinos e uma oferta muito consistente de bandeiras em todos os segmentos de mercado", afirma o presidente da Atlantica Hotels, Eduardo Giestas.

A primeira etapa desta transação ocorreu em abril de 2018 quando foi firmada uma aliança estratégica entre Atlantica Hotels e Vert Hotéis. “O objetivo da parceria sempre foi conquistar o reconhecimento de ser não somente a maior, mas também, a melhor opção de administração hoteleira multimarcas do País e, após dois anos de aliança, podemos dizer que esse objetivo foi alcançado com sucesso”, diz Giestas.

“Conseguimos, neste período de parceria com a Vert, aperfeiçoar nosso modelo de atendimento dividido por Núcleos de Apoio Regionais (NARs), reforçando ainda mais a proximidade com a operação dos hotéis e um relacionamento muito estreito com todos públicos envolvidos, do colaborador ao investidor”, comentou o vice-presidente de Operações da Atlantica Hotels, Guilherme Martini.

Além disso, segundo a Atlantica, "foram significativos os ganhos e a evolução nas áreas de controladoria, tecnologia e recursos humanos". “Passamos a atender ainda melhor o mercado local, principalmente ao trade e clientes finais, de forma muito mais próxima, assertiva, rápida, com menor burocracia e com mais autonomia”, lembrou o vice-presidente de Marketing, Vendas e Tecnologia da Atlantica Hotels, Leonardo Rispoli.

Divulgação Atlantica Hotels
Eduardo Giestas
Eduardo Giestas
As duas empresas atingiram um faturamento superior a R$ 1 bilhão em 2019, além de ter possibilitado a ampliação da visibilidade de suas marcas no mercado nacional. A aquisição, de acordo com comunicado, "concretiza-se como uma consequência natural no avanço dos processos entre as companhias". “Esse passo é uma evolução da aliança e nos enche de orgulho, pois estamos falando de uma empresa que, em apenas dez anos de existência, consolidou-se entre as principais redes hoteleiras do Brasil e que, além do seu crescimento acelerado, não somente criou padrões como conseguiu manter os mais elevados patamares de excelência em gestão hoteleira reconhecidos por todo o mercado e especialmente pela Atlantica ao longo desses dois anos de aliança”, declara a fundadora da Vert, Érica Drummond.

“Essas conquistas da Vert são fruto do trabalho árduo da Érica Drumond que, no comando da Vert, e com grande protagonismo nas questões relacionadas ao Turismo de Minas Gerais, exerceu brilhantemente seu papel, trazendo diversas inovações ao setor, com a implementação de novos conceitos e ideias que beneficiaram não apenas a Vert, mas a todos os players do mercado.” ressalta Giestas.


 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA