MERCADO

Hotelaria brasileira cresce 6% em ocupação em 2018, diz Fohb

Natássia Truz
Taxa de ocupação cresceu 6,1% em 2018
Taxa de ocupação cresceu 6,1% em 2018
O Fórum de Operadores Hoteleiros do Brasil (Fohb) divulgou a 137ª edição do Infohb, informativo com dados e análises estatísticas sobre a hotelaria brasileira ao longo de 2018. Em comparação a 2017, a taxa de ocupação teve um aumento geral de 6,1%, a diária média obteve um incremento de 2% e o Revpar cresceu 8,2%.

O relatório ainda mostra uma taxa de ocupação crescente em todas as regiões do Brasil: 4,1% no Sul, 4,2% no Nordeste, 5,3% no Centro Oeste, 6,6% no Sudeste e 17,7% no Norte. A diária média regional, por sua vez, também cresceu em quase todas elas, com exceção da região Sul, que obteve um declínio de 0,4%. O Revpar também aumentou em todas as regiões, sendo o Norte com maior incremento (18,5%) e Sul (3,7%).

Na análise de desempenho por categoria hoteleira, a taxa de ocupação registrou aumentos de 4,9% no econômico, 7,8% no midscale e 5,9% no upscale. Na diária média, acréscimos de 2,2% no econômico, 1,8% no midscale e 1,8% no upscale. Por fim, no Revpar, aumento de 7,1% no Econômico, 9,8% no midscale e 7,7% no upscale.

POR CIDADES
O relatório traz ainda uma pequena análise em relação as cidades de cada região e em cada item estudado. No caso da taxa de ocupação, por exemplo, apenas Goiânia apresentou redução (-7,6%). Por outro lado, dentre as variações positivas, o principal destaque foi Manaus (20,2%).

Para este indicador, Florianópolis (-0,7%), Curitiba (-1,2%), Campinas (-3,9%) e Rio de Janeiro (-4,7%) registraram quedas. Em contrapartida, os maiores incrementos foram em Brasília (4,5%) e São Paulo (6,7%).
A performance do RevPAR registrou decréscimo somente em Goiânia (-6,4%). Dentre as variações positivas, destaque para Manaus (22,4%).
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA