Belmond revela o perfil do hóspede brasileiro; conheça

|


Marluce Balbino
Annette Kishon-Pines, Andrea Filippi e Jiovana Alves, da Belmond
Annette Kishon-Pines, Andrea Filippi e Jiovana Alves, da Belmond
A Belmond participa nesta semana da ILTM Latin America com todo o seu portfólio de luxo. Nesta edição, o grupo reúne produtos da África, Peru, Caribe, México, Reino Unido, Rússia, Portugal e Itália, além dos hotéis brasileiros, que são o Copacabana Palace (RJ) e o Hotel das Cataratas, de Foz do Iguaçu (PR). O vice-presidente de Vendas Globais da Belmond, Andrea Filippi, explicou o motivo dos investimentos no Brasil e o perfil dos viajantes.

“O mercado brasileiro é muito importante para a Belmond porque temos dois belos hotéis no País e os hóspedes brasileiros amam viajar pelo restante do mundo, escolhendo nossos hotéis, trens, cruzeiros fluviais e safáris de luxo. É um viajante muito sofisticado e, por este motivo, temos um escritório dedicado em São Paulo, com a Jiovana Alves”, explica Filippi.

“Os brasileiros esperam o melhor serviço, mas com a diferença de que são muito curiosos e gostam de entender sobre a cultura local. Consideramos essa característica positiva porque queremos também que os nossos clientes explorem o que há fora das nossas portas", sugere. “De maneira geral, o brasileiro é um viajante que realmente deseja sentir o destino e busca uma experiência autêntica, além do que simplesmente significa o luxo", ressalta a diretora de Vendas Globais para as Américas, Annette Kishon-Pines.

NOVIDADES
A Belmond acabou de lançar o atendimento em português na sua central internacional de reservas para os hotéis, disponível pelo 0800 591 0353 (o atendimento de trens e cruzeiros é feito em inglês). Além disso, o portfólio ganhou recentemente dois novos hotéis: o Belmond Cadogan, localizado na Sloane Street, de Londres, e o Cap Juluca, em Anguilla, no Caribe.

A PANROTAS é media partner da ILTM.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA