Competição de aviões retrô passará pelas Cataratas do Iguaçu | Curiosidades | PANROTAS
CURIOSIDADES

Competição de aviões retrô passará pelas Cataratas do Iguaçu

Reprodução Vintage Air Rally
Aeronaves da década de 1920 voltam a ganhar os céus no Vintage Air Rally, competição que neste ano desafia pilotos e máquinas de todo o mundo a cruzarem o Ushuaia e chegar a Miami, nos Estados Unidos. O percurso tem 44 dias de duração e prevê passagem por 19 países, incluindo o Brasil.

O evento começa em 1º de novembro e as cidades de Bento Gonçalves (RS), Caçador (SC) e Foz do Iguaçu (PR) receberão a comitiva aérea nos dias 14, 15 e 16, respectivamente. Quem estiver visitando alguns pontos turísticos famosos dos destinos, como o cânion Itaimbezinho, no Rio Grande do Sul, ou as Cataratas do Iguaçu, durante o feriado, poderão observar as aeronaves em curso.

"São aviões dos anos 1920, 1930, trazidos de volta não só para apaixonados, mas para todos os curiosos que veem essas aeronaves em filmes, mas nunca tiveram a chance de chegar próximas de uma", afirmou o diretor e fundador da competição, Sam Rutherford.

Reprodução Facebook/Vintage Air Rally
Competidores da primeira edição do campeonato, que foi da ilha de Creta, na Grécia, à Cidade do Cabo, na África do Sul, percorrendo todo continente africano
Competidores da primeira edição do campeonato, que foi da ilha de Creta, na Grécia, à Cidade do Cabo, na África do Sul, percorrendo todo continente africano

A COMPETIÇÃO
Após uma seleção entre cerca de 675 equipes de 73 países que se candidataram, com piloto e copiloto, 15 foram escolhidas, de 12 nacionalidades, incluindo uma brasileira, composta pelos aviadores Eddy Eipper e Rodrigo Damboriarena.

Os aviões farão uma série de pequenos percursos e, a cada parada, curiosos e entusiastas poderão acompanhar o evento e embarcar nas aeronaves para tirar selfies.

Durante todo o rally, os pilotos autônomos que tiverem acesso a aviões particulares poderão realizar qualquer um dos trechos da competição junto das 15 equipes competidoras. Uma experiência e tanto, não?
Marluce Balbino
Bruno Van den Bossche, responsável pela comercialização do campeonato; Sebastian Wiersma, diretor das Operações Terrestres, Sam Rutherford, diretor e fundador do Vintage Air Rally, e Gilles Chatton, representante do campeonato no Brasil
Bruno Van den Bossche, responsável pela comercialização do campeonato; Sebastian Wiersma, diretor das Operações Terrestres, Sam Rutherford, diretor e fundador do Vintage Air Rally, e Gilles Chatton, representante do campeonato no Brasil
PACOTES
Para acompanhar o campeonato é preciso adquirir pacotes via operadoras (incluindo Teresa Perez). Os produtos são personalizados e variam de acordo com o número de paradas que o cliente deseja conferir.

Para mais informações sobre o evento e sua programação, confira o site oficial Vintage Air Rally, ou veja o vídeo abaixo, um teaser da competição deste ano:

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA