Câmara LGBT e Aliança Nacional LGBTI+ criam acordo de cooperação

|


Divulgação
O acordo busca promover ações inclusivas e eventos educacionais no Brasil e no Exterior
O acordo busca promover ações inclusivas e eventos educacionais no Brasil e no Exterior
A Câmara de Comércio e Turismo LGBT do Brasil assinou um convênio de cooperação com a Aliança Nacional LGBTI+ por videoconferência no último domingo (17), dia Internacional da luta contra a Homofobia, Transfobia e Bifobia. A data foi escolhida por sua importância para a comunidade LGBTI+, já que há 30 anos a OMS excluía a homossexualidade da lista de doenças mentais.

Juntas, as entidades querem apoiar uma missão compartilhada em promover as ações LGBTI+ inclusivas e eventos educacionais no Brasil e no Exterior. O acordo de cooperação tem vigência indeterminada e validade a partir da data de sua assinatura.

“Assinar este acordo, neste dia tão importante para nós, significa um marco de união entre as duas entidades que juntas vão fazer ainda mais por uma sociedade mais igualitária e sem preconceitos. Queremos usar esta parceria para potencializar a promoção da diversidade entre as empresas, organizações e poder público, promovendo um maior nível de inclusão de LGBTI+ em todas as instâncias”, afirmou o presidente da Câmara LGBT, Ricardo Gomes.

Para o presidente da Aliança Nacional LGBTI+, Toni Reis, o acordo vai incentivar oportunidades de geração de empregos, incrementos de negócios e respeito à orientação e identidade de gênero das pessoas. “Há vários meses estamos preparando e deliberando sobre este acordo que foi assinado em um dia muito especial para a comunidade LGBTI+. Vamos identificar e arregimentar pessoas, entidades e empresas comprometidas com a diversidade para se aliar às causas das duas organizações”.

A parceria também inclui a elaboração e publicação do Manual de Turismo LGBTI+, que visa informar termos corretos e práticas adequadas no trato aos profissionais da cadeia do Turismo e aos turistas LGBTI+. A publicação vai contar com 100 páginas e a tiragem será de cinco mil exemplares impressos, com versão digital disponível no site das entidade de forma irrestrita.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA