Skyteam cresce com vendas de Latam; base no Ceará será aberta

|

Divulgação/Skyteam
Skyteam contou com representantes dos 15 escritórios espalhados pelo Brasil
Skyteam contou com representantes dos 15 escritórios espalhados pelo Brasil
A Skyteam tem em seu portfólio uma dezena de companhias aéreas, mas é com a Latam Airlines que tem se destacado. Campeã da última edição do Club Latam na categoria consolidadora, a empresa tem apresentado um desempenho de vendas acima da média ao longo do ano.

Em entrevista à PANROTAS, o diretor comercial da companhia, Márvio Mansur, declarou que a comercialização dos bilhetes da Latam cresceu 15% entre janeiro a maio em comparação com o ano passado, enquanto os demais produtos apresentaram incremento de 10% nesse mesmo período.

Por isso, ambas as empresas realizaram hoje, em São Paulo, uma reunião comercial para estreitar esse relacionamento e apresentar dados e estimativas para o decorrer de 2018. À reportagem, Mansur afirma que a malha internacional da Latam tem contribuído para esse aumento, sobretudo o recém-lançado voo para Roma desde Guarulhos.

Emerson Souza
Márvio Mansur, diretor comercial da Skyteam
Márvio Mansur, diretor comercial da Skyteam
Essa proximidade entre Skyteam e a companhia aérea presidida por Jerome Cadier se faz ainda mais necessária em razão da migração de Amadeus para Sabre. “O nosso maior desafio foi estabilizar o conteúdo on-line [no novo GDS] para a venda do nacional”, afirmou o executivo.

O encontro foi em São Paulo, mas é em Porto Alegre que está a principal força de vendas. Gaúcha de origem, a Skyteam tem na capital seu carro-chefe e possibilitou a abertura de mais 14 escritórios nas cinco regiões do País. Ainda, conta com cinco home offices distribuídos em Santos (SP), Vitória, Goiânia, Belém e interior do Paraná, alocado em Pato Branco.

Para o segundo semestre, a consolidadora planeja chegar com mais força no Nordeste, com a inauguração de um escritório em Fortaleza, somando-se a Salvador, João Pessoa e Recife. Mas ainda não há data definida. “Essa nova base em desenvolvimento em razão da atuação intensa de companhias aéreas”, destacou, em referência aos voos implementados por Air France, KLM, Gol
e a própria Latam.

A presença nacional é, ao que tudo indica, o foco da empresa pelo menos até o próximo ano. Mansur descartou a possibilidade de expandir a operação para o Exterior e prefere consolidar ainda mais seus escritórios e capacitar sua equipe.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA