CRUZEIROS

Costa Venezia, para mercado chinês, é batizado em Trieste


Costa Cruzeiros
Costa Venezia, navio da Costa desenhado para o gigantesco mercado chinês
Costa Venezia, navio da Costa desenhado para o gigantesco mercado chinês
O Costa Venezia, primeiro navio da Costa Cruzeiros projetado especialmente para atender o mercado chinês, foi oficialmente batizado em cerimônia realizada nesta sexta-feira, 1º de março, em Trieste, na Itália. As celebrações começaram com um show de acrobacia da força aérea italiana Pattuglia Acrobatica Nazionale - "Frecce Tricolori" . As aeronaves sobrevoaram o porto de Trieste, e o navio Costa Venezia ali ancorado, colorindo o céu com as cores branca, vermelha e verde da bandeira italiana.

A cerimônia de batismo do Costa Venezia foi realizada no teatro do navio e foi exibida simultaneamente em uma tela gigante instalada na Piazza Unità d'Italia. O evento seguiu a tradição marítima, com a execução do hino nacional italiano, e a entrega do sino ao comandante Giulio Valestra para a instalação na ponte de comando do Costa Venezia. Em seguida, o navio foi abençoado por Gianpaolo Crepaldi, bispo de Trieste.

Também houve a quebra da garrafa no casco do navio liderada pela madrinha Gran Beiye e sua família, admiradores da Costa desde 2011, quando fizeram a primeira viagem a bordo de um navio da Costa. A família representa o público que o Costa Venezia irá embarcar ao longo de sua jornada.

As comemorações continuaram a bordo. Cerca de 2000 hóspedes do Costa Venezia provenientes da China, Coreia do Sul, Japão e de alguns países da Europa participaram de um jantar de gala exclusivo com um menu inspirado na cozinha do chefe italiano Umberto Bombana, detentor de três estrelas Michelin; e assistiram à apresentação “Venezia Innamorata”, inspirado nos contos do renomado escritor italiano Giacomo Casanova. Um espetáculo com três mil fogos de artifícios e música encerrou oficialmente a cerimônia de batismo.

Segundo Michael Thamm, CEO do Grupo Costa e Carnival Asia, o Costa Venezia contribui para a companhia desenvolver ainda mais o mercado de cruzeiros marítimos na China. Por ano, 2,5 milhões de chineses optam por fazer um cruzeiro durante as férias, o que representa menos de 2% do total de chineses que viajam ao Exterior. “Além disso, o Costa Venezia fortalece o vínculo da Costa com a Itália: é um navio construído na Itália, com a bandeira italiana e que fará com que os hóspedes chineses tenham experiências italianas inesquecíveis”.

O presidente e CEO da Carnival Corporation, Arnold Donald, complementou: “A entrega do Costa Venezia é mais um passo para o crescimento de uma indústria de cruzeiros forte e sustentável na China”. Sendo o primeiro navio construído especificamente para o mercado chinês, o Costa Venezia marca o início de uma nova era não apenas para a Costa e o estaleiro Fincantieri, mas também para a indústria chinesa de cruzeiros, de acordo com Mario Zanetti, presidente do Grupo Costa Asia,

Segundo o CEO da Fincantieri, Giuseppe Bono, “nossa contribuição para a indústria de cruzeiros contempla a entrega de 143 navios nos próximos anos. Com o início das operações do Costa Venezia na China, entramos em um mercado ainda inexplorado”, disse.

BANCO ALIMENTARE
A cerimônia de batismo do Costa Venezia também foi uma oportunidade para Trieste ser protagonista no programa da Costa Crociere com a Fundação Banco Alimentare, e que visa a utilização de alimentos excedentes produzidos a bordo dos navios da Costa em benefício social. A comida preparada e não servida nos restaurantes durante as celebrações de batismo do novo navio serão destinadas a duas associações locais de pessoas carentes. O programa da Costa com a Fundação Banco Alimentare foi lançado em julho de 2017 e já destinou 100 mil porções de alimentos prontos para consumo, com alto valor nutricional, para projetos sociais.

ESTRUTURA

O Costa Venezia tem 135,5 mil toneladas, 323 metros de comprimento e capacidade para mais de 5,2 mil hóspedes. Ele é o maior navio implantado pela Costa no mercado chinês e reúne uma série de inovações inéditas, conectando os hóspedes ao estilo de vida e à excelência da cultura italiana. A bordo, os passageiros chineses irão experimentar a singularidade da cultura veneziana e italiana.

O teatro do navio é inspirado no espaço veneziano "La Fenice"; e o átrio principal, na Praça de São Marcos. Duas gôndolas reais, feitas por artesãos de Veneza, são os grandes destaques decorativos a bordo.

Os dois restaurantes principais Marco Polo e Canal Grande lembram a arquitetura tradicional das vielas e das praças veneziana. O restaurante Casanova, por sua vez, oferece um menu especial criado pelo chef italiano Umberto Bombana, cujo restaurante possui três estrelas Michelin. Há ainda a Napoli Pizza; a gelateria Dolce Vita; os espaços La Fiorentina e o Lanai BBQ, próprios para a degustação de uma ampla seleção de carnes de qualidade; o Frutti di Mare, especializado em frutos do mar e pratos orientais; o Yan Teppanyaki, focado na gastronomia japonesa, e o Lu Hot Pot, ambiente interativo que permite ao hóspede cozinhar sua propria refeição asiática a partir de um método milenar.

No quesito entretenimento, os hóspedes do Costa Venezia podem participar do baile de máscaras inspirado no Carnaval de Veneza, e da Festa Dourada, ao estilo chinês. O teatro Rosso oferecerá shows todas as noites com espetáculos musicais, tenores, malabaristas, mágicos, comediantes e acrobatas. No Gondola Lounge, os hóspedes podem ter a experiência em uma verdadeira gôndola veneziana a partir de óculos de realidade virtual.

O Costa Venezia conta ainda com uma área de mini golfe, um spa com vista para o mar, um parque aquático com três tobogãs e os espaços Squok Club e Teen Club para crianças e adolescentes com jogos interativos, karaokê, festas temáticas e aulas de dança.

NAVEGAÇÃO

No domingo, 3 de março, o Costa Venezia parte de Trieste para o seu cruzeiro vernissage pela Grécia e Croácia; e no dia 8 de março, o navio embarca hóspedes para seu roteiro inaugural de 53 dias. A viagem promete seguir os passos do desbravador italiano Marco Polo, atravessando o Mediterrâneo, o Oriente Médio, e o sudeste e leste da Ásia até alcançar Tóquio. A partir de 18 de maio, o Costa Venezia será exclusivamente dedicado aos hóspedes chineses, oferecendo cruzeiros pela região com embarques em Xangai.

O Costa Venezia é parte do plano de expansão do Grupo Costa, que inclui a entrega de sete navios até 2023 e um investimento total de seis bilhões de euros. O próximo navio do Grupo Costa a entrar em operação é o Costa Smeralda, em outubro deste ano. O novo flagship da Costa Cruzeiros é o primeiro navio no mercado mundial a ser movido por Gás Natural Liquefeito (GNL). Um segundo navio projetado exclusivamente para o mercado chinês, gêmeo do Costa Venezia, está atualmente em construção no estaleiro de Fincantieri, em Marghera, e deverá ser entregue no ano que vem.

Veja mais fotos no álbum abaixo.

Raio X – Costa Venezia

Toneladas: 135,5 mil toneladas
Comprimento: 323,6 metros
Largura: 37,2 metros
Número de decks: 20
Cabines: 2.116
Capacidade (passageiros): 5.260
Tripulação: 1.278
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA