CRUZEIROS

Costa Cruzeiros adere a projeto social e educacional

Divulgação/Costa Cruzeiros
Acompanhadas por monitores, as crianças podem participar de programas diários
Acompanhadas por monitores, as crianças podem participar de programas diários
No final da última semana, a Costa Cruzeiros comunicou sua adesão a um projeto social e educacional desenvolvido para crianças. A iniciativa, chamada de "Kinder+Sport Joy of Moving", foi lançado pela marca Kinder, do Grupo Ferrero, e agora faz parte do método de recreação nos navios da companhia.

Incluído no método de atendimento da Costa, o projeto já alcançou mais de quatro milhões de crianças de 30 países ao redor do mundo. Sempre com a intenção de desenvolver exercícios específicos para serem praticados em família.

A iniciativa em questão é inspirada no Joy of Moving, um método educacional que incentiva não apenas às habilidades motoras, mas também o desenvolvimento cognitivo, emocional e de relacionamento das crianças.

"Nossa meta é trazer alegria para as pessoas a bordo dos nossos navios, especialmente para as crianças. O projeto Kinder+Sport Joy of Moving integra perfeitamente com os valores pregados pela Costa. Aplicamos esse método pela primeira vez no navio Costa Diadema e estamos expandindo para toda a frota", comenta o presidente da Costa Cruzeiros, Neil Palomba. "Mais de 34 mil crianças e pais participaram de quase cinco mil horas dedicadas às atividades esportivas", completa.

O Joy of Moving passa a integrar as atividades do Squok Club, área de recreação infantil instalada nos navios da Costa. Para a implementação do programa a bordo, mais de 200 colaboradores da área de entretenimento da companhia tiveram um treinamento sobre a metodologia. No espaço, todas as crianças entre três e 12 anos podem desfrutar de uma grande quantidade de jogos que estimulam os movimentos.

Acompanhados por monitores, os pequenos podem participar de programas diários que combinam o movimento físico com a diversão de fazer novos amigos e a melhora nas capacidades motoras e mentais.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA