Seychelles garante ilhas livres de covid-19

|

Depois de nove semanas lutando contra a pandemia de covid-19, Seychelles agora é covid-19 Free e não tem mais nenhuma ocorrência da doença em seu território. O país, que teve um número total de 11 casos, anunciou que o último paciente infectado testou negativo por vários dias e está considerado curado. Seu aeroporto internacional reabrirá em 1º de junho.

A pandemia de covid-19 alcançou Seychelles em março, quando o anúncio dos dois primeiros casos foi feito no dia 14. O número de casos na ilha aumentou lentamente durante as três semanas seguintes e atingiu seu pico em 6 de abril, quando o 11º caso foi confirmado, incluindo os únicos dois casos locais transmitidos, após os quais não houve outros casos positivos relatados nas ilhas.

Needpix
Após a detecção da última pessoa infectada e agindo de maneira preventiva para conter a inflação dos números no país, uma ordem de proibição de viagens imposta pelas autoridades entrou em vigor à meia-noite do dia 8 de abril, restringindo o movimento para os cidadãos, exceto trabalhadores essenciais. Esta medida foi mantida por 21 dias.

Em 28 de abril, o presidente de Seychelles, Danny Faure, anunciou a suspensão das restrições à circulação de pessoas a partir de 4 de maio, e das restrições de viagens em 1° de junho, quando o Aeroporto Internacional de Seychelles será reaberto.

No momento, Seychelles está livre da pandemia de covid-19 e as autoridades seychellois permanecem em alerta para qualquer eventualidade. A Autoridade de Saúde Pública, juntamente com outras organizações, está trabalhando para manter cidadãos, expatriados e visitantes a salvo da pandemia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA