Japão subsidia viagens domésticas para retomar economia

|

unsplash
Como as viagens internacionais ao Japão ainda são praticamente impossíveis, o governo japonês transferiu sua atenção para o impulsionamento do turismo doméstico, por enquanto. Em maio, foi sugerida uma nova iniciativa que reduziria os custos pela metade para viagens domésticas. Agora, com a chegada do verão no hemisfério norte, a campanha Go to Travel está se tornando realidade.

A partir de hoje (22), a tempo do fim de semana do feriado nacional de quatro dias (originalmente planejado para o fim de semana de abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio 2020), os viajantes domésticos poderão obter um subsídio do governo para viagens de um dia que custam até ¥10.000 (R$ 475) e viagens de vários dias com pernoites com custo até ¥20.000 (R$ 950). As informações são do portal Timeout.

Para iniciar a campanha, até 31 de agosto os viajantes receberão um desconto inicial de 35% em suas despesas de viagem. A partir de setembro, os viajantes também receberão cupons e vales presente para serem usados em seu destino, tornando o valor total do subsídio do governo igual a cerca da metade do custo da viagem. Os cupons e certificados de presente podem ser usados em restaurantes, lojas de souvenires e atrações turísticas selecionadas; os locais participantes devem colocar um adesivo em suas vitrines para facilitar a identificação.

A campanha visa ajudar a revitalizar a economia, além de apoiar as pequenas empresas afetadas pela falta de viagens durante a quarentena. A campanha Go to Travel é uma iniciativa do governo nacional do Japão, mas o governador de Tóquio, Yuriko Koike, está atualmente desencorajando viagens não essenciais entre prefeituras, já que o número de casos de coronavírus aumentou na capital japonesa nas últimas semanas.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA