RJ e SP iniciam sequência de feriados com suspensão de serviços

|

AGÊNCIA BRASIL

Os governos do Rio de Janeiro e São Paulo deram início hoje (26) a um período de feriados antecipados em sequência. A continuação de feriados termina do dia 4 de abril e a finalidade da medida é aumentar os índices de distanciamento social e mitigar os efeitos da pandemia de covid-19.

Agência Brasil/Tânia Rêgo
Ao longo desses dias as praias de todo o estado do Rio estão fechadas
Ao longo desses dias as praias de todo o estado do Rio estão fechadas
RIO DE JANEIRO

No caso do Rio de Janeiro, ao longo dos próximos dias serão dois sábados e dois domingos e seis dias de feriados, incluindo a sexta-feira santa (2), a antecipação de dois feriados de abril (Tiradentes, que seria no dia 21, e São Jorge, no dia 23) e a criação de três feriados extraordinários.

Ao longo desses dias as praias de todo o estado estão fechadas e algumas cidades turísticas apresentam restrição de entrada para não moradores. A própria capital está proibindo a entrada de ônibus fretados. Outros municípios também podem montar barreiras para esse tipo de ônibus.

Restrições valem também para as diversões noturnas. Casas de shows e boates não poderão abrir. Bares e restaurantes só poderão receber clientes até as 21h e terão que encerrar suas atividades às 23h.

Há restrições ainda para horário de funcionamento de shoppings, que só poderão funcionar das 12h às 20h, com no máximo 40% de sua capacidade.

Em alguns municípios, no entanto, as regras são ainda mais rígidas. Na capital, por exemplo, bares, restaurantes e quiosques de praia não poderão abrir para permanência de clientes, apenas para entregas, drive thru e coleta de refeições para consumo em casa.

Também ficarão fechadas atrações culturais e de lazer como museus, cinemas, parques de diversão, aquários e jardins zoológicos.

Na cidade do Rio de Janeiro, os ônibus regulares e o metrô continuam funcionando normalmente.

SÃO PAULO
Na capital paulista a medida foi possível com a antecipação de cinco feriados municipais. A recomendação da prefeitura é que a população fique em casa, em isolamento social. “A ação tem o objetivo de diminuir a contaminação pelo novo coronavírus e assim evitar colapsos nas redes de saúde e funerárias da capital”, justifica em nota o governo municipal.

Os serviços de saúde não serão interrompidos nos dias dos feriados antecipados. No dia 2 de abril, feriado nacional de Sexta-feira da Paixão, alguns serviços vão fechar, permanecendo apenas os essenciais e os de plantão, conforme informação no site da prefeitura.

Durante o feriado, seguirá em funcionamento o novo horário de rodízio na cidade, com alteração para o período noturno, das 20h às 5h. Antes, o rodízio ocorria entre as 7h e as 10h e entre as 17h e as 20h.

Na capital, feiras livres funcionarão normalmente, enquanto mercados e sacolões estarão em revezamento.

Nos bancos, o atendimento presencial será feito apenas em caráter excepcional, com triagem. Segundo a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), a orientação segue normativas do setor e visa a atender especialmente “casos de recebimento de benefícios sociais, pagamento de salários, aposentadorias e pensões àqueles que não têm acesso a canais digitais ou remotos”. Os demais serviços estarão disponíveis por meio dos canais digitais. As datas de vencimento de contas, boletos e tributos estão mantidas.

LITORAL E GRANDE ABC
Os nove municípios da Baixada Santista – Santos, São Vicente, Cubatão, Guarujá, Praia Grande, Bertioga, Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe – estão em lockdown até 4 de abril. A decisão foi tomada após a capital optar pelos feriados. Foram feitos bloqueios nas praias e reforço da fiscalização para impedir o acesso à areia e aos calçadões.

O governo do estado também atendeu ao pedido dos prefeitos e suspendeu a chamada Operação Descida, medida que aumenta o número de faixas de trânsito nas estradas que levam ao litoral.

Os municípios do Grande ABC Paulista, que também optaram por antecipar feriados, mesmo para setores considerados essenciais, deverão encerrar às 17h, com exceção dos serviços de saúde, como hospitais públicos e privados, urgência e emergência, farmácias, laboratórios e hospitais veterinários.

Em Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra não haverá dia útil de 27 de março a 4 de abril. Apenas funcionários de serviços essenciais poderão circular no transporte público. A comercialização de bebida alcoólica estará proibida a partir de segunda-feira (29).

Em ambos os casos o objetivo é manter as pessoas em casa, isoladas, saindo somente para o essencial. O prefeito Eduardo Paes, do Rio, gravou um vídeo explicando que não se trata de um feriado comum, para que todos possam viajar, e sim de uma ação difícil tomada pela Prefeitura, para salvar vidas e desafogar os hospitais.

Prefeituras de cidades litorâneas de São Paulo e Rio estão tomando medidas para evitar a entrada de turistas. Praias e comércio fechados são algumas das ações.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA