Chile participa da WTM com 55 empresas nacionais

|


Divulgação
O objetivo é tornar visível aos mercados que o Chile é um destino atrativo
O objetivo é tornar visível aos mercados que o Chile é um destino atrativo
Entre os dias 10 e 12 de agosto, será realizada a versão virtual da WTM Latin America. A novidade é que neste ano o evento será realizado de maneira 100% on-line, por meio de uma plataforma focada na experiência do usuário.

Em sua participação, o Chile aposta na geração de novos negócios favoráveis para os mais de 50 representantes privados que estarão presentes no evento. Entre eles estão operadores, compradores, agentes de viagens e receptivos de mercados prioritários como Brasil, Estados Unidos, Canadá e Europa.

O subsecretário de Turismo, José Luis Uriarte, disse que “o Chile está se preparando fortemente para receber visitantes estrangeiros novamente em todo o país para quando a situação sanitária permitir". "Nossa participação em eventos internacionais representa uma movimentação importante para tornar visível aos nossos mercados prioritários que o Chile é um destino atrativo. O que inclui muitas atividades e experiências que envolvem a natureza e aventura, além de ser um lugar seguro para todos."

A WTM Latin America também servirá para facilitar o trabalho comercial de recuperação do Turismo internacional, uma vez que as fronteiras se abram e o movimento aéreo retome suas rotas e frequências. Por isso, a delegação chilena - chefiada por cinco diretorias regionais da Sernatur - se juntará a 55 empresas nacionais de Turismo com estandes virtuais para gerar novas relações comerciais e fortalecer as já existentes.

A diretora Nacional do Sernatur, Andrea Wolleter, destaca "estamos muito felizes por essa nova participação em um espaço onde provedores e operadoras de diferentes países poderão interagir virtualmente em busca da oportunidade de novos negócios. Essa também é uma importante vitrine para que os profissionais da indústria do Turismo nacional mostrem como o Chile vem se preparando, pois os olhos da imprensa especializada no setor estarão presentes.".

O Chile será representado por cinco regiões do país (Tarapacá, Atacama, Coquimbo, Metropolitana e Maule) e 55 empresas, incluindo operadores turísticos, agências de viagens, hotéis, centros de convenções, vinhedos, federações e associações.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA