Prefeitura do Rio prevê Réveillon com 13 palcos

|

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por meio da Riotur, lançou hoje (6) os Cadernos de Encargos do Réveillon. As empresas interessadas em serem parceiras para a realização da festa de ano novo de 2021 poderão ter todos os detalhes do evento no documento. Um caderno será exclusivo para a festa da virada de Copacabana e outro, para os dez palcos espalhados pela cidade. A contrapartida será a permissão de uso da marca dos patrocinadores na realização das festas. A gestão municipal ressalta, no entanto, que a realização deste evento está condicionada ao cenário epidemiológico da pandemia da covid-19 e as determinações estabelecidas pelos órgãos competentes no combate à doença.

A chegada de 2022 em Copacabana contará com três palco
A chegada de 2022 em Copacabana contará com três palco
Os Cadernos de Encargos são uma orientação para as empresas apresentarem projetos para a festa de Réveillon. As empresas organizadoras ficam responsáveis pela criação, desenvolvimento do projeto, planejamento, execução e prestação de contas de todos os itens necessários à realização do evento, contidos nos cadernos. Elas deverão providenciar toda a organização, bem como a preparação da infraestrutura necessária, como palco, sonorização, iluminação, banheiros químicos, contratação de pessoal de produção, camarins, montagem de postos médicos, segurança interna, monitoramento, limpeza interna e brigada de incêndio, entre outras exigências.

Os Cadernos de Encargos publicados hoje no Diário Oficial também estarão disponíveis no site da Riotur, na aba Editais e Avisos. Os interessados devem apresentar suas propostas até as 17h do dia 6 de setembro para o e-mail riotur.selecaopublica@gmail.com. Ainda em setembro, o vencedor ou os vencedores serão conhecidos.

COMO SERÁ
A chegada de 2022 em Copacabana contará com três palcos. O principal ficará localizado próximo ao Copacabana Palace, o segundo na altura da Rua Santa Clara e o último na Praia do Leme. Ao todo, o bairro contará com 800 banheiros químicos. Em toda a cidade serão cerca de 1,4 mil banheiros, 10% deles acessíveis a cadeirantes e pessoas com mobilidade reduzida, conforme determina a Lei Federal 10.098/2000.

A acessibilidade também estará presente em três espaços exclusivos para cadeirantes na orla de Copacabana. O projeto está sendo desenvolvido pela Riotur em parceria com a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPD).

Outra novidade é que, pela primeira vez, agentes da Coordenadoria de Diversidade Sexual (Ceds) atuarão no acolhimento de pessoas LGBTI+ vítimas de violência e/ou crimes de ódio. Os profissionais vão estar ao lado de outros servidores municipais na base de trabalho dos órgãos da Prefeitura do Rio, que ficará localizada na Avenida Atlântica, na altura da Rua República do Peru.

Além disso, diferentes mobiliários públicos utilizados no Réveillon, como torres de som e das polícias, assim como os banheiros químicos distribuídos pela cidade terão QR Codes com informações que possam ajudar mulheres vítimas de assédio ou qualquer tipo de violência. A ação é uma campanha da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Mulher (SPM-RIO) em parceria com a Riotur.

DEZ PALCOS
Além da festa da Praia de Copacabana, um segundo Caderno de Encargos será exclusivo para outros dez palcos espalhados pela cidade. No Réveillon 2021, pela primeira vez serão instalados palcos no Boulevard Olímpico e em Bangu, na Praça Guilherme da Silveira.

Confira a lista dos endereços dos dez palcos:

-Boulevard Olímpico
- Praça Guilherme da Silveira, em Bangu
- IAPI da Penha
- Praça Paulo da Portela, no Parque Madureira
- Praia do Flamengo
- Praia da Moreninha, em Paquetá
- Praia da Bica, na Ilha do Governador
- Praia da Capela, em Pedra de Guaratiba (entre as ruas Barros de Alarcão e Cabo João Protsek)
- Praia de Sepetiba
- Piscinão de Ramos

QUEIMA DE FOGOS
Outra novidade do Réveillon 2021 é o retorno da queima de fogos da Igreja de Penha. Ao todo, serão dez balsas na Praia de Copacabana e três na Praia do Flamengo.

Duas licitações serão abertas em breve para a contratação das empresas responsáveis pelas balsas e pela queima de fogos.

A programação artística de toda a festa ainda será definida.

“A virada de 2021 para 2022 será uma festa inesquecível. O Rio vai oferecer shows em 13 palcos espalhados por 11 bairros, distribuídos por todas as regiões da cidade. A Prefeitura do Rio está pronta para apresentar aos cariocas e aos turistas o Réveillon do Século. Nesse momento tão emblemático para o mundo e para a cidade do Rio de Janeiro aguardamos grandes parceiros para abraçarem o Réveillon de 2021", afirma a presidente da Riotur, Daniela Maia.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA