Trecho da Rio-Santos, no litoral paulista, tem pavimento restaurado

|


PANROTAS / Rodrigo Vieira
As melhorias tiveram investimentos de R$ 10 milhões para assegurar mais visibilidade e segurança
As melhorias tiveram investimentos de R$ 10 milhões para assegurar mais visibilidade e segurança
O município de Ubatuba, no litoral norte de São Paulo, teve liberado nesta quinta-feira (5) um trecho de cerca de oito quilômetros de novas pistas (do km 42,6 ao km 52,1) no perímetro urbano da rodovia Rio-Santos, a BR-101/SP, no sentido Rio de Janeiro. Além da restauração do pavimento, o Governo Federal, através do Ministério da Infraestrutura e do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes, também realizou ações de manutenção.

Iniciadas no fim de 2020, as melhorias no segmento concluído tiveram investimentos de R$ 10 milhões, assegurando condições mais adequadas de visibilidade, segurança e conforto aos usuários da rodovia, que tem atualmente um volume diário médio de mais de 10 mil veículos, principalmente ônibus de Turismo. Com mais de cem praias, Ubatuba oferece alguns pontos famosos para as práticas de surfe, como Itamambuca – inclusive com a realização de torneios, Félix, Vermelha do Norte e do Centro, e de mergulho, como Toninhas e Prumirim.

A rodovia compõe o projeto de concessão conjunto com a Via Dutra, que recentemente foi autorizado pelo Tribunal de Contas da União e tem leilão previsto para outubro. No total, estão previstos R$ 14,8 bilhões em investimentos privado para ampliação de capacidade, com duplicações, implantação de terceiras e quartas faixas, vias marginais, entre outras melhorias.

Para a restauração deste trecho da rodovia foram realizados serviços de remoção do pavimento danificado e aplicação de uma nova camada, tanto na pista principal como no acostamento. Além disso, também foram executadas ações de conservação e manutenção como roçada, limpeza da faixa de domínio, desobstrução de bueiros, tapa-buracos e revestimento de cal.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA