Secretário de Turismo do Rio fala sobre experiência na Abav

|

PANROTAS / Rodrigo Vieira
Gustavo Tutuca, secretário de Turismo do Rio de Janeiro
Gustavo Tutuca, secretário de Turismo do Rio de Janeiro
Para o secretário de Turismo do Governo do Estado do Rio de Janeiro, Gustavo Tutuca, a Abav Expo & Collab, que acontece desde o dia 6 e termina hoje (8), em Fortaleza, proporcionou "três dias de muito aprendizado e troca de experiências com o trade turístico e gestores estaduais e municipais de todo o País."

Segundo Tutuca, estar na maior feira de Turismo do Brasil, presencialmente, trouxe um sentimento muito bom de retomada do setor.

"O Turismo foi o setor que mais sofreu por causa da pandemia, mas tenho certeza que, com eventos como este, iremos expandir o setor, gerando emprego e renda. Quero agradecer a presença dos municípios do Estado do Rio que participaram da feira divulgando as belezas naturais, culturais, históricas e religiosas de suas cidades", finaliza.

RIO CVB
Além da presença do secretário de Turismo, o Rio Convention & Visitors Bureau também está representando o Rio de Janeiro na 48ª edição do evento. A fundação está junto com a Secretaria de Estado de Turismo em um estande que mostrou atrações da cidade e como o Rio tem se preparado para este momento de reaquecimento.

“A retomada das atividades turísticas já é uma realidade após meses de muitas dificuldades causadas pela pandemia. Temos trabalhado junto a outros Convention Bureaus, pela Unedestino, na divulgação do Rio como um dos principais destinos turísticos do País. Agora, nossa expectativa é muito boa para a alta temporada, com o fim do ano e o Carnaval, e queremos divulgar as ações que vêm sendo adotadas para dar suporte a esse aumento na procura por viagens ao Rio de Janeiro”, afirma a diretora-executiva do Rio CVB, Roberta Werner.

A participação em eventos do setor é uma das prioridades da entidade para divulgar o Rio como uma cidade preparada para voltar a recepcionar os turistas. Em um momento em que a retomada do Turismo internacional caminha mais lentamente, as viagens nacionais já apresentam crescimento e chegam a níveis próximos dos alcançados no pré-pandemia.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA