França passa a cobrar PCR negativo para entrada de estrangeiros

|


Unsplash/Mafid Majnun
Vacinados precisam apresentar o teste feito até 48 horas antes do embarque
Vacinados precisam apresentar o teste feito até 48 horas antes do embarque
A partir de 4 de dezembro, a França cobra teste PCR negativo obrigatório a todos os viajantes de países de fora da União Europeia, além do comprovante de vacinação contra a covid-19, que já era item obrigatório desde sua reabertura.

O governo francês anuncia que, devido ao surgimento da variante Ômicron, estrangeiros vacinados precisam apresentar o teste feito até 48 horas antes do embarque e, não-vacinados, menos de 24 horas.

Porém, vale deixar claro que não-vacinados só entram na França por motivo imperioso, o que vale para casos muito raros. Turistas brasileiros a lazer não-vacinados, por exemplo, têm obrigatoriamente de apresentar comprovante de vacinação válido no país.

A França ainda tem outras regras, como o passe sanitário, que deve ser solicitado após a chegada no país..

As autoridades de saúde francesas identificaram treze casos suspeitos de contaminação pela variante Ômicron do coronavírus em todo seu território.

Atualização: A medida passa a valer em 4 de dezembro, e não em 1º de dezembro, como inicialmente informado pela França.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA