Copa Airlines aposta em programa de stopover no Panamá

|

PANROTAS / Fabíola Bemfeito
Com o lançamento do programa de stopover no Panamá, companhia facilita a visita de viajantes no destino
Com o lançamento do programa de stopover no Panamá, companhia facilita a visita de viajantes no destino
CIDADE DO PANAMÁ - Uma boa surpresa. Com tantos destinos alcançados pela Copa Airlines, todo mundo que está acostumado a viajar já se viu, em algum momento, no Aeroporto de Tocumen, na Cidade do Panamá, a espera de alguma conexão. O que pouca gente faz é sair do aeroporto. Mas essa é uma opção que vale a pena.

A Cidade do Panamá é bem cosmopolita. Tem um quê de São Paulo, com menos gente, mas muitos edifícios e shoppings. Destaca-se a altura dos prédios, são muitos deles e muito altos, com arquitetura moderna. Não dava para esperar nada muito diferente do país que se orgulha de ser a sede de uma das maiores obras de engenharia do planeta: o Canal do Panamá.

A reportagem do Portal PANROTAS se hospedou em uma boa área, no Best Western Plus Panamá Zen Hotel, em uma travessa da Via Argentina, próximo à Via Espanha. Com muitas lojas e restaurantes 24 horas, diversos bares ao redor, além de (curioso!) lojas de tattoo, trata-se de uma região efervescente onde se pode caminhar a pé pelas ruas sem se estressar com a segurança. Tem gente nas ruas a qualquer hora do dia.

COMPRAS E COMPRINHAS
O centro financeiro da cidade está a cerca de 15 minutos a pé da região, assim como alguns shoppings e pontos interessantes para a visita. Entre eles, a Torre F&F, cujos andares em espiral, cada um em uma posição, chamam a atenção logo de cara, e ainda shoppings como o Soho, com marcas de luxo como Louis Vuitton e Chanel.

Outros shoppings são o luxuoso Multiplaza, com as mais conhecidas grifes globais, e o Albrook Mall, um dos maiores e mais populares da cidade, com mais de 700 lojas para todos os gostos. Também para quem é chegado numa comprinha, vai gostar de alguns mercados, que mais parecem as grandes farmácias norte-americanas, como Walgreens e CVS, com muitas opções para encher o carrinho. Entre eles estão os Metroplus, do Grupo Rey.

Deixando as compras de lado, se você curte fotografia, vai gostar de andar pelas ruas registrando com câmeras e celulares edifícios diversos, muito altos e muito modernos, muito diferentes ou com arquitetura duvidosa, mas sempre chamando atenção. Também com um rooftop, o restaurante & lounge Valkiria faz sucesso entre turistas e também está a poucos minutos a pé do Best Western Plus Panamá Zen Hotel.

CANAL DO PANAMÁ
Mas há um programa imperdível na cidade, ícone do imaginário de qualquer um que visita o país: conhecer o Canal do Panamá e sua operação que ergue e baixa navios entre o Oceano Atlântico e o Pacífico. Tudo para que não precisem ir até a ponta sul do continente, sob a Patagônia, para fazer a volta e passar ao continente asiático ou ao oeste dos EUA ou do Canadá.

Há um centro de visitação em Miraflores, a cerca de 20 minutos da capital, que recebe visitantes com boa estrutura, mirantes e as devidas explicações. Vale saber que não há muitas tecnologias, apenas a água e a gravidade. Não perca.

PRAIAS DE DOIS OCEANOS
E se a parada permitir, como você está entre o Oceano Pacífico e o Atlântico, no mar do Caribe, claro que um dos programas teria de ser a praia. As melhores estão a pelo menos uma hora da Cidade do Panamá. Então separe algumas horas do dia para ir até a Ilha Taboga, no Oceano Pacífico.

As balsas saem de manhã da Calzada de Amador e voltam no fim da tarde. São 30 minutos de travessia. A Calzada do Amador é uma estrada de seis quilômetros na Cidade do Panamá em direção ao Pacífico, construída com rochas e materiais extraídos na construção do Canal do Panamá. Por ser no Oceano Pacífico, com o qual brasileiros não têm contato direto, as praias desse lado costumam ser mais populares entre nós.

Já se a escolha for o Oceano Atlântico e o indescritível Mar de Caribe, será preciso alugar um 4x4 até Carti para chegar às famosas ilhas San Blas, dos indígenas Guna e conhecidas por sua beleza. São duas horas e meia de carro, mais 20 minutos de travessia de barco. As praias fazem jus à conhecida beleza caribenha e tem um charme a mais por ser preservada e mantida pelos Guna, que fazem artesanatos exclusivos como a mola, panos bem coloridos.

Passe as fotos pelo álbum e veja imagens de nossa rápida parada no país.

O Portal PANROTAS viaja a convite da Sandals, voando Copa Airlines
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA