De Norte a Sul, veja as principais festas juninas do Brasil

|

Pixabay/Livoca
As festas juninas estão espalhadas pela cinco regiões do Brasil
As festas juninas estão espalhadas pela cinco regiões do Brasil
Originalmente criadas para celebrar os três santos de junho – Santo Antônio (dia 13), São João (dia 24) e São Pedro (dia 29) –, as festas juninas começam a tomar conta da agenda cultural do Brasil a partir de hoje (10). De Norte a Sul, cidades convidam sua população e os turistas para festejos típicos cercados de música regional, comida tradicional da época em programações que se estendem por todo o mês.

Na lista abaixo você pode conferir indicações de destinos com festas juninas tradicionais ideais para celebrar o mês pelo Brasil.

CARUARU (PE)
Conhecida como a capital do forró e dona da festa conhecida como “Maior e Melhor São João do Mundo”, Caruaru aposta em 2022 no “São João do Reencontro”. Em todo o mês de junho, a cidade oferece eventos e várias atrações ao som de forró, xote, baião e maracatu.

A festa terá 24 polos, distribuídos pelo município pernambucano, e vai contar com diversas atrações, como quadrilhas, grupos de forró e shows de Elba Ramalho, Alceu Valença, Orquestra de Pífanos de Caruaru e Maestro Mozart Vieira, Azulão e Fulô de Mandacaru, Wesley Safadão, Calcinha Preta, João Gomes, Dorigival Dantas, Nattan e Zé Vaqueiro.

O governo estima o investimento R$ 250 milhões ao longo do mês.


CAMPINA GRANDE (PB)
A concorrente de Caruaru ao título de “Maior e Melhor São João do Mundo” é conhecida pelas grandes festas juninas a céu aberto. No sexto mês do ano, Campina Grande se transforma em um grande arraial e conta com a apresentação de artistas de diferentes gêneros, além de danças típicas e culinária regional.

O São João de Campina Grande tradicionalmente lota a Praça Parque do Povo, no centro do município. Nessas ocasiões há até espaço para baile de forró em vagão de trem, atração turística conhecida como “Locomotiva Forrozeira”, que possui sete vagões e capacidade para 800 pessoas.

Este ano a festa em Campina Grande começou ontem (10) e vai até dia 10 de julho após dois anos de suspensão por causa da pandemia. Nesta edição, o evento vai homenagear o cantor Genival Lacerda, que morreu em decorrência da covid-19, em 2021.

JOÃO PESSOA (PB)
Na capital paraibana, será realizado o São João Multicultural, no período de 12 a 24 de junho. A programação começa com a abertura do Festival de Quadrilhas, no dia 12.

Também haverá shows de artistas como Elba Ramalho, Ranniery Gomes, Bell Marques, Luka Bass, Berinho Lima, e de grupos como Banda Encantus, Swing Nordestino, Forró Caçuá e Brasas do Forró.

SÃO LUÍS (MA)
Em junho, a capital do Maranhão é repleta de manifestações populares e os dois eventos principais são Bumba-meu-Boi e a festa junina maranhense. Também é um período que destaca os artistas locais, grupos folclóricos e manifestações culturais típicas da cidade, somando 200 atrações artísticas.

Na programação do período, um dos destaques é o “São João no Bairro”, que são arraiais nos bairros e comunidades, com apresentações de bumba-meu-boi, quadrilha, cacuriá, tambor de crioula, entre outras atrações.

Ministério do Turismo/Roberto Castro
A festa junina de São Luís terá cerca de 200 atrações artísticas
A festa junina de São Luís terá cerca de 200 atrações artísticas
Em 2022, o Maranhão terá 60 dias de festa, com mais de 500 atrações juninas, que se apresentarão em mais de 70 arraiais espalhados por todo o Estado.

MOSSORÓ (RN)
Em Mossoró, a prefeitura realiza o evento Mossoró Cidade Junina 2022. A festa começou dia 4 e permanece até o dia 25 de junho, tudo iniciado com o tradicional Pingo da Mei Dia, que leva multidão ao Corredor Cultural, na avenida Rio Branco. No encerramento, a festa fica por conta do evento Boca da Noite.

Além de shows de artistas como Alceu Valença, Dorgival, Wesley Safadão, Xade Avião, de grupo como Cavaleiros do Forró, a festa na cidade também inclui um Festival Independente de Quadrilhas Juninas.

NATAL (RN)
No Rio Grande do Norte, os festejos juninos começaram em Natal, no dia 3, e vão até 26 de junho. Na programação, há música local, forró, quadrilhas juninas, arraiais de rua e festival gastronômico. A abertura da festa contou com a apresentação de Lia de Itamaracá, com os convidados Carlinhos Zens e Zé Hilton.

FORTALEZA (CE)
Em Fortaleza, a prefeitura organizou o Arraiá da Juventude 2022, com mostra competitiva de quadrilhas. O evento será entre os dias 18 de junho e 16 de julho, aos sábados, nos espaços da Rede Cuca.

A mostra competitiva contará com 30 quadrilhas, sendo 20 na categoria adulta e 10 na infantil. Além das quadrilhas, o evento também terá a apresentação de grupos regionais de dança e música, feira de atividades recreativas e gastronômica, com comidas típicas.

MARACANAÚ (CE)
A cearense Maracanaú também tem uma grande festa e é uma boa opção para quem pretende visitar Fortaleza em junho. A cidade de 230 mil habitantes montou uma mega estrutura para a programação do mês que terá casamento civil coletivo, festival de quadrilhas juninas, quadrilhódromo, repentistas e shows de artistas nacionais.

Este ano, na retomada pós-pandemia, a cidade inaugurou o espaço democrático, sem divisões exclusivas, como camarotes.

ARACAJU (SE)

Em Sergipe, as festas se concentram na capital, Aracaju, onde ocorre o São João na Praça. O evento, que começou no dia 31 de maio, prossegue até 23 de junho com mais de 40 atrações, incluindo artistas locais, trios pé de serra, quadrilhas, grupos de cultura popular, além de barracas de comidas típicas.

MACEIÓ (AL)
Em Alagoas, apesar das fortes chuvas que atingiram a região de Maceió, a prefeitura disse que vai manter a programação de São João. O Ministério Público do Estado chegou a recomendar a suspensão dos festejos, depois que o município decretou situação de emergência por causa dos estragos causados pelas chuvas. Mas a prefeitura disse que a manutenção das festas não vai comprometer as ações voltadas para as pessoas afetadas pelas chuvas.

Na capital alagoana, a festas começaram no dia 15 de junho e vão até o final do mês.

SALVADOR (BA)
Em Salvador, a programação da festa de São João começa no dia 23 de junho, véspera do dia do santo, até o dia 30. O evento terá lugar no Parque de Exposições e vai contar com shows de Fagner, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, Bruno e Marrone, Amado Batista, Jorge e Mateus, Dorgival Dantas, Falamansa, Pablo, João Gomes, Limão com Mel, Zé Felipe, Seu Maxixe e Filomena. No dia 26, Bell Marques, Israel e Rodolfo, Mano Valter , Jonas Esticado e Estakazero, entre outros.

BELÉM (PA)
Na região Norte, a capital paraense, Belém, apresenta o Arraial da Nossa Gente, promovido pela prefeitura. A comemoração acontece entre 15 e 30 de junho, na Praça Waldemar Henrique, no bairro do Reduto.

Somente nesta festa serão cerca de 40 grupos de quadrilhas e toadas, parafolclóricos, pássaros juninos, cordões de bicho e carimbó. Esta será a primeira vez, após dez anos, que a praça recebe programação de festa junina.

SÃO PAULO (SP)
Na capital paulista, as maiores atrações juninas são as quermesses. São Paulo tem festejos juninos espalhados por toda a cidade, a maioria organizada por centros culturais e igrejas.

Nessas pequenas festas a maior atração são as barracas de comidas típicas, como canjica, pamonha, sanduíche de carne louca, focaccia, pizzas, pinhão e quentão. Além das quermesses de igreja, também há festividades em espaços como o CTN (Centro de Tradições Nordestinas).

CORUMBÁ (MS)
No Centro-Oeste vale destacar a festa de Corumbá, no Mato Grosso do Sul. A festividade tem cortejo de andores e batismo de São João nas águas do rio Paraguai, ato que desde o ano passado tem o título de Patrimônio Cultural e Imaterial do Brasil.

A festa, que começa no dia 22 de junho, recupera as origens de Corumbá e está inserida numa localização bastante especial, conhecida como a capital do Pantanal.

CURITIBA (PR)
A capital do Paraná também é um destino farto em opções para festas juninas. Esta ano quem escolher a cidade como destino para o mês vai encontrar celebrações no Pátio Batel; o Arraiá Misturadão, na Arena TK; a festa junina da Santa Mônica; o Arraiou, na Chácara Santa Felicidade; e muito mais.

LAGES (SC)
No Sul do Brasil, a cidade de Lages, em Santa Catarina, realiza a Festa Nacional do Pinhão, que este ano chega à 32ª edição.

A programação acontece de 10 a 19 de junho, no Parque de Exposições Conta Dinheiro. Além dos shows nacionais, o evento promove as “Sapecadas da Canção Nativa e da Serra Catarinense”, um dos maiores festivais de música nativista da América Latina.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA