MTur prepara lançamento de novo Mapa do Turismo Brasileiro

|

Divulgação/MTur
Encontro contou com a participação de cinco representantes de macrorregiões brasileiras
Encontro contou com a participação de cinco representantes de macrorregiões brasileiras
Os técnicos e representantes do Programa de Regionalização do Turismo das cinco macrorregiões brasileiras encerraram esta semana, em Brasília, uma série de reuniões sobre as novas regras de inclusão e exclusão dos municípios considerados de interesse turístico no Mapa do Turismo Brasileiro. A próxima atualização do mapa será válida até 2021.

Entre as novas exigências obrigatórias para inclusão de um município estão a comprovação de um conselho municipal de Turismo em funcionamento e de um órgão gestor do Turismo local com orçamento próprio, além de participar de uma instância governamental formada por gestores públicos e privados dos municípios que integram a região turística na qual está inserido.

Ainda, será preciso comprovar a inscrição de empreendimentos locais ou prestadores de serviços turísticos no Cadastur do Ministério do Turismo.

Outro destaque da atualização do mapa se dará na categorização dos municípios turísticos, que vai de A a E. Essa classificação é um instrumento de acompanhamento do desempenho das economias turísticas municipais. “Com esses critérios, fortalecemos a presença de destinos bem estruturados e capazes de induzir a expansão regional do setor”, ressaltou o diretor do Departamento de Ordenamento do Turismo do MTur, Rogério Coser.

A coordenadora geral de Mapeamento e Gestão Territorial do Turismo do MTur, Ana Carla Fernandes Moura, defendeu o trabalho de forma integrada com a participação do grupo macrorregional como impulso às ações e projetos desenvolvidos pelo PRT. “Com essas mudanças, nós vamos trabalhar no avanço das políticas públicas, em parceria com os Estados, com foco na qualidade dos destinos e na melhoria dos serviços prestados aos turistas”, complementou.

Na reunião, as macrorregiões Nordeste, Centro-Oeste, Sul, Norte e Sudeste foram representadas por interlocutores da Paraíba, Goiás, Paraná, Pará e Minas Gerais, respectivamente. Eles são responsáveis pelo repasse das informações aos demais interlocutores estaduais. Os detalhes para atualização do mapa serão apresentados na 30ª Reunião Nacional de Interlocutores do PRT, prevista para novembro deste ano, em Brasília.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA