ECONOMIA E POLÍTICA

Parcelar compra do dólar no cartão é alternativa à alta

Divulgação/Pixabay
Parcelar dinheiro em espécie no cartão de crédito é nova alternativa de corretora
Parcelar dinheiro em espécie no cartão de crédito é nova alternativa de corretora

A escalada do dólar se consolida cada vez mais como um dos maiores motivos de preocupação no Turismo nacional de 2018. Ainda em maio deste ano, quando a moeda estadunidense valia R$ 3,73, agências já notavam uma queda na procura pelo Exterior. Hoje, a cotação gira em torno de R$ 4,10.

Destinos internacionais como Orlando (EUA) e Seychelles acreditam que o dólar deve baixar após as eleições, mas enquanto isso não acontece, uma das soluções encontradas têm sido o congelamento da moeda - Rextur Advance, Ancoradouro e Tui Brasil são algumas que se arriscaram neste caminho, assim como a Flytour MMT, porém por apenas cinco dias.

Para o agente e, principalmente, os viajantes, surgiu recentemente uma nova alternativa: comprar dólar em espécie e pagar no cartão de crédito, parcelando em até seis vezes. A opção foi lançada pela Europa Câmbio, que faz parte da B&T Corretora.

Embora os juros de tal parcelamento à princípio não pareçam atrativos, o diretor de negócios da empresa, Edisio Pereira Neto, explica seus dois principais benefícios: congelar o valor do dólar no momento da compra - assim, mesmo que a moeda valorize no decorrer dos seis meses de parcela, você paga o preço da cotação inicial - e dar acesso aos viajantes que não tenham um grande montante disponível para fazer a compra à vista.

"A operação tem custo, mas é mais barato comprar moeda em nossas lojas e dividir em seis vezes do que comprar em uma única vez com o cartão de crédito ou pré-pago no Exterior. A grande vantagem, na verdade, é eliminar o risco de chegar de viagem com uma conta salgada a pagar se houver um repique na taxa de câmbio", explica Neto, lembrando que o IOF, o imposto sobre operação financeira, é de 1,1% na compra de dinheiro em espécie e 6,38% nas despesas com cartão feitas no Exterior.

A alternativa dessa maneira seria benéfica principalmente para quem deixa a compra para última hora, e quer ter dinheiro vivo disponível para a viagem.

A oferta está disponível nas cerca de 25 lojas físicas da Europa Câmbio distribuídas no Rio de Janeiro, Espírito Santo, Distrito Federal, Pernambuco, Paraíba e Alagoas. No site da corretora é possível fazer a compra para entregas na Grande São Paulo, e até novembro, mês seguinte às eleições, os mais de 220 correspondentes cambiais da B&T Corretora também vão oferecer o serviço.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA