WTTC lança relatório com tendências para recuperação do setor

|

O WTTC lançou um relatório que revela as tendências para a recuperação da atividade turística. O documento ressalta a importância de se adotar uma abordagem global coordenada para a recuperação, melhorando a experiência de viagem, adotando novas tecnologias e a aplicação de protocolos de higiene. Todas essas medidas têm um único objetivo: resgatar a confiança dos viajantes.

Além disso, o WTTC pede que os setores público e privado trabalharem juntos para recuperar os milhões de empregos perdidos em decorrência da pandemia. O relatório também destacou o que chama de quatro tendências para a recuperação do setor: evolução da demanda, saúde e higiene, inovação e digitalização e sustentabilidade.

De acordo com o documento, 70% dos viajantes da América do Norte (México, Estados Unidos e Canadá) estão dispostos a fazer reservas durante a pandemia se a política de cancelamento for gratuita. Além disso, 92% disseram que confiam nas recomendações sobre saúde e higiene; enquanto 69% dos viajantes citam a limpeza como um componente essencial de uma empresa do setor de viagens.

Divulgação/WTTC
Gloria Guevara, presidente e CEO do WTTC
Gloria Guevara, presidente e CEO do WTTC
DIGITALIZAÇÃO
No atual cenário de pandemia, quanto menos superfície de contato, melhor. E neste ponto entra a importância da digitalização. Segundo o levantamento do WTTC, 45% dos viajantes dizem que estão prontos para mudar os passaportes de papel para o digital. Além disso, 73% dos consumidores garantem preferir marcas que enfatizam as questões de sustentabilidade.

“Embora ainda haja trabalho a ser feito, isso nos dá uma ideia de como podemos enfrentar melhor a recuperação e oferece esperança ao setor. É essencial continuarmos aprendendo com as crises anteriores e nos unirmos de forma coordenada para fazer a diferença na redução do impacto econômico e humano”, disse a presidente e CEO do WTTC, Gloria Guevara.

Confira as principais recomendações do WTTC:

Abertura de fronteira
Retirar as restrições de viagem, bem como implantar testes padronizados e requisitos de rastreamento na partida

Definir padrões comuns de saúde e segurança
Os setores público e privado devem concordar com a implementação de padrões de saúde e segurança

Apoio ao trabalhador
Fornecer proteção à folha de pagamento e subsídios salariais, bem como estímulo ao consumidor e diferimento de impostos

Incentivo às viagens
Para que o consumidor decida viajar, começando localmente, seguindo-se nacional, regional e internacional.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA