São Paulo retorna à fase vermelha da quarentena na segunda (12)

|


Governo Estado de São Paulo
João Doria, governado do Estado de São Paulo
João Doria, governado do Estado de São Paulo
O Estado de São Paulo retornará à fase vermelha no plano de combate à pandemia na próxima segunda-feira (12). A medida, anunciada pelo governado paulista, permanecerá em vigor, a princípio, até o dia 18 de abril.

Com a decisão, o Estado deixa a fase emergencial que vigorava desde a primeira quinzena de março. Os representantes do governo, entretanto, ressaltaram que é uma fase vermelha mais restritiva.

Na prática, a mudança de etapa permite o retorno das atividades presenciais nas escolas das redes públicas e privadas, desde que autorizadas pelas prefeituras, além da volta de competições esportivas e da abertura de alguns serviços essenciais que estavam vetados.

Permanecem proibidos, contudo, as aglomerações em cultos religiosos presenciais. O toque de recolher vale das 20h às 5h. O plano também recomenda que as empresas sustentem o trabalho remoto e ainda exista o escalonamento de horários alternados para os setores de serviços, do comércio e da indústria.

O funcionamento de bares, restaurantes, academias e salões de beleza também seguem vetados.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA