Ministério da Saúde libera certificado para quem tomou mix de vacinas

|

Rovena Rosa/Agência Brasil
Emissão do documento pode ser feita por meio do aplicativo “Conecte SUS”, do Ministério da Saúde
Emissão do documento pode ser feita por meio do aplicativo “Conecte SUS”, do Ministério da Saúde
O Ministério da Saúde liberou, na última sexta-feira (22), o Certificado Nacional de Vacinação para brasileiros que tomaram doses de vacina covid-19 de imunizantes diferentes. O documento pode ser emitido por meio do aplicativo Conecte Sus, disponível para download em todas as lojas de aplicativo de smartphones.

A orientação está em Nota Técnica divulgada pela Secretaria Extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 (SeCovid) e foi atualizada pelo Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (DataSus) na plataforma. O certificado pode ser emitido somente pelo cidadão que estiver com o esquema vacinal primário completo, ou seja, depois de receber a segunda dose ou dose única do imunizante.

Cabe ressaltar que o Ministério da Saúde orienta intercambialidade de vacinas apenas para grávidas e puérperas, excepcionalmente, para casos notificados de reações alérgicas a pessoas que tomaram a AstraZeneca e que tiveram alguma reação Tromboembólica, conforme orientação do Plano Nacional de Operacionalização da Vacina Covid-19 (PNO).

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA