Movida

Laura Enchioglo   |   11/08/2023 11:01

Rio Soul Connection promove evento no Píer Mauá sobre inovação

Encontro reuniu cerca de 70 convidados na noite de ontem (11), no Rio de Janeiro


Divulgação
Fernando Oliveira dá palestra na Rio Soul Connection
Fernando Oliveira dá palestra na Rio Soul Connection

Cerca de 70 convidados, dentre clientes, parceiros e amigos da Rio Soul Connection, estiveram presentes na sede do Píer Mauá, ontem (11), para assistir à palestra de Fernando Oliveira (CIO da IntellinetConectividade Inteligente e Chief Growth Officer nos grupos Digilab e RoboYell) sobre Inovação Aberta e a Era Figital.

Como membro ativo da Associação Internacional para Inteligência Artificial (I2AI) e participante da comunidade Game Changers da StartSe, Oliveira trabalha constantemente para promover a inovação aberta e o desenvolvimento inovador. No evento da Rio Soul Connection, em parceria com o Píer Mauá, o especialista explicou aos convidados o potencial e o impacto da inovação aberta no ambiente corporativo.

“Em um mundo cada vez mais interconectado, a colaboração e a partilha de ideias podem ser o diferencial para o sucesso de uma empresa. Parcerias externas permitem a partilha de riscos e custos, tornando possível a criação de soluções mais ágeis e inovadoras que impulsionam o crescimento sustentável e o fortalecimento da posição de uma empresa no mercado digital”

Fernando Oliveira

Ainda segundo o palestrante, o Rio de Janeiro, atualmente, está liderando um forte movimento para se consolidar como a capital brasileira da inovação, tornando-se um polo de desenvolvimento de tecnologias emergentes e soluções disruptivas em diversos setores.

Durante cerca de uma hora, Fernando Oliveira falou sobre a inovação aberta de forma geral, mas deu um foco especial à sua aplicação no segmento do Turismo. Segundo ele, a inovação aberta pode ser um poderoso impulsionador para reposicionar a economia do Turismo no Rio de Janeiro.

“A inovação aberta permite que as empresas do setor turístico no Rio de Janeiro colaborem com startups, especialistas e instituições de pesquisa, acessando ideias frescas e soluções inovadoras para enfrentarem os desafios atuais. Essa colaboração, que pode incluir, também, a expertise de outras indústrias, como tecnologia, sustentabilidade e entretenimento, pode levar ao desenvolvimento de novas experiências turísticas, tecnologias de ponta e serviços personalizados que atraem e cativam os visitantes e, acima de tudo, melhoram a cidade para seus próprios moradores”, explicou.

Divulgação
Convidados no Píer Mauá
Convidados no Píer Mauá

O sócio fundador da Rio Soul Connection e professor da FGV, Maurício Werner, apontou ainda um outro aspecto importante do potencial da inovação aberta direcionada para o Turismo: a capacidade da inovação aberta de impulsionar a criação de ecossistemas turísticos mais robustos e diversificados.

“Ao colaborar com empresas e organizações externas, o Rio de Janeiro pode expandir sua oferta de atividades, atrações e eventos, tornando-se um destino turístico mais completo, competitivo e inteligente”, complementou Werner.

Dentre os clientes da Rio Soul Connection estão as principais marcas do Turismo carioca e praticamente todas elas estiveram representadas no evento.

“O trabalho feito pela Rio Soul Connection tem total sentido para nós. Não só pelas conexões constantes que eles promovem, como também, pela preocupação em nos trazer temas muito atuais, que impactam diretamente nos nossos negócios. Foi assim com as palestras sobre Metaverso e sobre o Chat GPT. Quando ninguém ainda falava sobre esses dois temas, a Rio Soul Connection já estava nos atualizando sobre eles. E com a Inovação Aberta não foi diferente. Esses eventos são fundamentais para os gestores e para os empreendedores. Estamos falando do futuro das empresas, que, na verdade, é o agora” finaliza Ricardo Pina, gestor do Trem do Corcovado e da Global Serviços, duas empresas clientes da Rio Soul Connection.

Tópicos relacionados

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

Mais notícias