EVENTOS

Lummertz destaca importância da competitividade na hotelaria

Janize Colaço
Vinícius Lummertz, ministro do Turismo, durante o Conotel e Equipotel Regional
Vinícius Lummertz, ministro do Turismo, durante o Conotel e Equipotel Regional
FORTALEZA – Durante o primeiro dia de programação do Congresso Nacional de Hotéis (Conotel) e Equipotel Regional, o ministro do Turismo, Vinícius Lummertz, destacou a necessidade do trade brasileiro se abrir à competitividade.

“O Brasil ainda é muito fechado e a competitividade é uma questão muito básica para o desenvolvimento do mercado, independentemente do segmento”, salientou o ministro. Segundo ele, as principais empresas, atualmente, ainda seguem a lógica da sobrevivência ao invés do crescimento.

A questão é bastante simples: o aumento da oferta de quartos gera, de maneira saudável, a competitividade de preços. O inconveniente, porém, para o ministro, é a falta de incentivo público que também faça o brasileiro viajar mais e, além disso, atrair mais turistas internacionais.

“A hotelaria brasileira recebe uma boa avaliação de 95% dos hóspedes. Temos a tradição, porém ainda é preciso capitalizar recursos, por isso iremos olhar para o setor com o Programa Regional de Desenvolvimento do Turismo (Prodetur) e o investimento da BNDES”, pontuou.

O Portal PANROTAS viaja a convite da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA