Com 50 dias de duração, carnaval do Rio terá 543 blocos de rua

|


Divulgação
Marcelo Alves, presidente da Riotur
Marcelo Alves, presidente da Riotur
A abertura dos 50 dias do Carnaval Rio 2020 acontecerá no próximo domingo (12), a partir das 14h, com a final do concurso da Corte Real da folia no palco principal do réveillon, na praia de Copacabana. Durante coletiva realizada nesta quarta-feira (8), o presidente da Riotur, Marcelo Alves, apresentou o status do planejamento do Carnaval de Rua e um balanço das obras do Sambódromo.

"O réveillon foi um sucesso, batemos novo recorde, e imediatamente viramos a chave para o carnaval, que será histórico. Esperamos 1.9 milhão de turistas e temos uma expectativa de movimentação econômica chegando aos R$ 4 bilhões. Por aqui, tudo está caminhando conforme nosso planejamento, que começou imediatamente após o último carnaval. Dentro de alguns dias os blocos vão se espalhar pelas ruas da nossa cidade e, em fevereiro, será a hora do espetáculo que acontece na Marquês de Sapucaí. Os desfiles acontecerão em um Sambódromo novo", afirmou Alves.

Ao todo, são 543 blocos de rua cadastrados no sistema da Riotur, sendo 133 desfiles na zona sul, 133 no Centro, 123 na zona norte, 56 na Tijuca, 53 na zona oeste e 45 na Barra/Jacarepaguá. Os megablocos acontecerão apenas no Centro, pelo segundo ano consecutivo, nos dias 2, 9, 15, 16, 22, 25 e 29 de fevereiro e 1º de março. O Carnaval de Rua contará ainda com 32.536 posições de banheiro público e sete postos médicos - dois no Centro, dois na zona sul, um no Recreio, um na Barra da Tijuca e um no Parque Madureira.

A Passarela do Samba está passando por uma grande reforma, incluindo obras na parte de iluminação, infraestrutura e incêndio e pânico. Em relação às questões de segurança, além de reforma dos projetores de iluminação, serão instaladas 967 luzes de emergência, 1.345 placas de sinalização e 423 extintores de incêndio. Até agora, cerca de 60% a 70% das obras estão concluídas, com previsão de finalização total em 30 de janeiro.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA