OPERADORAS

Schultz realiza bloqueios aéreos no Brasil pela 1ª vez


Divulgação/Natal Luz de Gramado
A Schultz programou bloqueios aéreos para o Rio Grande do Sul durante o Natal Luz de Gramado
A Schultz programou bloqueios aéreos para o Rio Grande do Sul durante o Natal Luz de Gramado


No segundo semestre, a demanda de viagens nacionais costuma crescer na Schultz e a de Europa sofre uma leve queda. Para incentivar o mercado interno, a empresa fará 11 bloqueios de voos domésticos pela primeira vez, saindo de São Paulo e Rio de Janeiro com destino a Maceió, Rio Grande do Sul (Natal Luz de Gramado), Recife e Foz do Iguaçu.


Esse é um dos planos da empresa, que acaba de revelar suas projeções para encerrar 2019 e os objetivos para o próximo ano. “Nossa estratégia foi ouvir as bases para entender suas necessidades e, dessa forma, fazer acordos para crescer exponencialmente e garantir bons preços”, afirma a diretora geral da Schultz, Ana Maria Santana.

Larissa Faria
A diretora geral da Schultz, Ana Maria Santana
A diretora geral da Schultz, Ana Maria Santana

BLOQUEIOS INTERNACIONAIS

Para as viagens internacionais, os bloqueios aéreos estão programados para destinos exóticos, como Egito, Turquia e Marrocos. “São países com pouca oferta de voos e que os brasileiros em geral preferem ir em grupo, por causa das diferenças culturais e a dificuldade com as línguas”, comenta Ana. Segundo a diretora, a decisão foi assertiva, pois está vendendo bem.

 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA

As mais lidas agora