CVC Corp alcança em setembro 37% das vendas pré-pandemia

|

A CVC Corp atualizou o mercado em relação ao impacto da pandemia nos negócios e ao ritmo de retomada das reservas e vendas, que está mais acelerado no Brasil, graças às viagens domésticas, e mais lento na Argentina.

Se em abril, maio e junho as vendas novas foram próximas a zero, desde julho vêm crescendo e atingiram, no final de setembro, 37% do volume de vendas do mesmo período do ano anterior. No lazer B2C esse índice é de 41% e considerando apenas o lazer doméstico o volume já é 65% do pré-pandemia.

Segundo a CVC Corp, orçamentos solicitados pelos clientes do segmento lazer atingiram nas últimas semanas 83% do volume comparado ao mesmo período do ano anterior. Outro dado divulgado mostra que 81% dos hotéis parceiros no Brasil já estão reabertos e, considerando bookings realizados em setembro de 2020, a empresa atingiu 89% do volume de vendas de hotelaria no mesmo período de 2019.

A região do Nordeste lidera como a preferida entre os brasileiros nas vendas da CVC – em especial destinos como Natal, Maceió, Fortaleza, Porto de Galinhas, Recife e Salvador. “Em comum, os destinos mais procurados no momento têm grande número de atrativos turísticos ao ar livre, caso também da Serra Gaúcha, Foz do Iguaçu, Bonito e Jericoacoara”, analisa a CVC Corp no fato relevante divulgado ao mercado.

A CVC destaca novos produtos que formatou para o momento atual, como as diárias em hotéis e estadas adaptadas ao momento do home office; novas programações para parques estaduais; aluguel de motorhomes para viagens ao Estados Unidos e Canada a partir de 2021; além de facilidades como o aluguel de malas nas lojas CVC. A CVC também anunciou a retomada de suas operações de voos fretados para a Temporada de Verão no Brasil.

Das 1,4 mil lojas pré-pandemia, 1,2 mil estão reabertas. Em setembro, a margem sobre vendas novas (take rate) foi de aproximadamente 2 (dois) pontos percentuais acima dos valores observados em 2019, em função do crescimento do mix de vendas de produtos nacionais e terrestres.

As operações na Argentina têm tido uma recuperação mais lenta, com volume de vendas novas por volta de 10% no mês de setembro, comparado com o mesmo período do ano anterior.

SAÚDE FINANCEIRA
A CVC Corp revelou, ainda, que de um endividamento total na ordem de R$ 2 bilhões, há R$ 600 milhões vencendo em novembro de 2020 e a companhia está avaliando alternativas de captação e/ou rolagem a tal dívida. Adicionalmente, a Companhia continua discutindo com os detentores de suas debêntures a obtenção de waiver para evitar o seu vencimento antecipado. O saldo de caixa e de equivalentes de caixa em 15 de outubro de 2020 foi de aproximadamente R$ 1,55 bilhão.

“A CVC Corp acredita que a retomada do Turismo no Brasil e na América Latina ganhará força nos próximos trimestres e está pronta para liderar o segmento com inovações em pacotes, formas de pagamento, vendas onmichannel, e foco no relacionamento e proximidade de nossos clientes”, finaliza a empresa no fato relevante.
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA