Franquias da CVC começarão a receber empréstimos no fim do mês

|


Divulgação/CVC Corp
Leonel Andrade, CEO da CVC Corp
Leonel Andrade, CEO da CVC Corp
O CEO da CVC Corp, Leonel Andrade, está satisfeito com o programa de incentivo às franquias lançado no final do ano passado. A CVC vai emprestar aos seus franqueados entre R$ 20 mil e R$ 50 mil, em um teto de R$ 45 milhões, para dar um fôlego na retomada da pandemia. Segundo Andrade, até o fim de janeiro, os franqueados começarão a receber o dinheiro. A adesão, de acordo com ele, foi de quase 100%.

“Foi muito bom que iniciamos esse programa neste momento, já que começamos o ano com a ômicron e é um início duro, com impostos, contas a pagar... O programa aumentou nossa cumplicidade com os franqueados também”, avalia Leonel Andrade em entrevista ao Portal PANROTAS.

“Vamos sair da crise juntos, estamos juntos. Essa é a mensagem para nossos franqueados, e acredito que estejamos no início do fim dessa pandemia”, continua ele.

Sobre os problemas de remarcações por conta da suspensão dos cruzeiros, de voos da Latam e da Azul e do caso ITA, Andrade diz que a CVC Corp está reforçando seu atendimento, com a contratação de 350 profissionais. “Se o atendimento estivesse bom, não teríamos de fazer essas contratações. São desafios novos, que nos impactam bem mais, assim como o lado positivo nos impacta mais, mas que nossa resiliência e as medidas que estamos tomando irão nos fazer atravessar esse período.”

Leonel cita o caso do navio da MSC que teve embarque negado com os passageiros no porto. “Tínhamos 1.268 passageiros, se o cruzeiro saísse, seria receita. Não quero menosprezar os problemas, mas a CVC sempre foi resiliente e isso não é mérito meu, é histórico. Vai ser um ano muito bom.”
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA