Fechamento do Othon em BH é 'fim de um ciclo'; leia opinião

|

As portas do Belo Horizonte Othon Palace se fecharão em breve,como anunciado esta semana. E não se trata apenas ao fim de um hotel, mas de um marco na capital mineira. Essa é a visão do presidente da Federação Brasileira de Hospedagem e Alimentação (FBHA), Alexandre Sampaio.

Em artigo enviado ao Portal PANROTAS, o profissional relembra os 40 anos de operação do símbolo da hotelaria mineira. De acordo com ele, muitos foram os profissionais que iniciaram, cresceram e evoluíram neste segmento graças ao Othon.

Abaixo, leia na íntegra o depoimento na íntegra de "Fechamento do Hotel Belo Horizonte Othon Palace":

Divulgação
"A questão não se limita ao fechamento de um hotel. É muito mais do que isso, pois significa o fim de um ciclo. O Belo Horizonte Othon Palace representa a inserção da cidade de Belo Horizonte no cenário do Turismo nacional e internacional. Foi o primeiro hotel cinco estrelas da capital mineira, igualando Belo Horizonte a São Paulo e ao Rio Janeiro.

Nos anos 1970, iniciou-se a modernização e expansão da hotelaria brasileira, atendendo a uma política do Governo Federal de desenvolvimento do Turismo interno e internacional. Chegavam ao Brasil as grandes redes internacionais, introduzindo novas técnicas, padrões e procedimentos, um novo conceito hoteleiro.


A Rede Othon, entre outras empresas nacionais, entrava nesta onda, o Rio Othon, o Bahia Othon e o nosso Belo Horizonte Othon se tornaram a materialização desta modernização. Eu gastaria muitas laudas para nominá-los.

Em uma época em que não existiam cursos e escolas especializadas na formação profissional hoteleira, com exceção ao Senac, a Rede Othon e, em especial o BH Othon, tornaram-se verdadeiras universidades. Formando, treinando e qualificando profissionais em diversas especialidades, um verdadeiro celeiro de talentosos profissionais. Muitos desses profissionais estão em atuação no mercado e ter sido profissional de Hotéis Othon era garantia de empregabilidade, indiferente do cargo.

Evidente que as mudanças são inevitáveis, provocadas pelo desenvolvimento do conhecimento humano, de novas descobertas, novos equipamentos, novas tecnologias, um processo crescente e ininterrupto. Este processo muitas vezes provocam consequências irreversíveis.

O fato é que muitos profissionais, como eu, devem ao Belo Horizonte Othon Palace, a oportunidade de atuarem neste segmento fascinante que é a hotelaria. Os profissionais e o Turismo de Belo Horizonte também foram beneficiados com a presença deste colosso da hotelaria brasileira."


Alexandre Sampaio
Presidente da FBHA
 AVALIE A IMPORTÂNCIA DESTA NOTÍCIA